Topo

Zé Ricardo completa um mês de Inter elogiado e com moral do time refeita

Zé Ricardo completa um mês no comando do Internacional nesta quinta-feira - Ricardo Duarte/Inter
Zé Ricardo completa um mês no comando do Internacional nesta quinta-feira Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

21/11/2019 12h00

Zé Ricardo completa, hoje (21), um mês no Inter. Anunciado após a demissão de Odair Hellmann, o comandante conseguiu rapidamente atingir sua primeira meta: recuperou a moral dos jogadores. Elogiado nos bastidores, ele não permanecerá para a próxima temporada, mas pode terminar 2019 recuperado de uma passagem rápida pelo Fortaleza.

Zé Ricardo começou o ano no comando do Botafogo. Em abril, foi demitido após a eliminação na Copa do Brasil para o Juventude. Esteve até agosto sem clube, quando assumiu o Fortaleza para substituir Rogério Ceni, que se transferiu para o Cruzeiro. No clube nordestino foram apenas sete partidas, com uma vitória, dois empates e quatro derrotas. Tão logo Ceni saiu da equipe mineira, ele foi desligado.

O Colorado se apresentou como alternativa em outubro, num movimento direto. O objetivo era conquistar a vaga na próxima Libertadores, um trabalho curto, que poderia recuperar a temporada de infortúnios até então. E é exatamente o que está acontecendo.

O elenco apresentava claros sinais de perda de confiança após o vice-campeonato da Copa do Brasil. A torcida, irritada, cobrava forte, pedia trocas, tornava o ambiente pouco propício ao crescimento.

Mas, com trabalho forte em campo e fora dele, Zé Ricardo parece ter recuperado a moral do time, que vem de dois bons jogos contra Fluminense e Corinthians. Em um mês, o treinador soma duas vitórias, dois empates e duas derrotas, aproveitamento de 44,4%.

Rapidamente, o treinador de 48 anos conquistou os jogadores e recebe elogios pelo trabalho realizado. Porém, isso não confere a possibilidade de sequência em 2020, já que o Internacional está acertado com o argentino Eduardo Coudet. De toda forma, o desempenho no comando do time deixa portas abertas para novos trabalhos no futuro.

O Inter encara o Fortaleza neste domingo, às 19h (de Brasília), no Beira-Rio.

Internacional