Topo

Possíveis alvos de Coudet conflitam com excesso de estrangeiros do Inter

Técnico do Racing, Eduardo Coudet tem encaminhada chegada ao Inter, mas clube não confirma - Divulgação/Racing
Técnico do Racing, Eduardo Coudet tem encaminhada chegada ao Inter, mas clube não confirma Imagem: Divulgação/Racing

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

06/11/2019 13h27

Eduardo Coudet tem acerto para comandar o Internacional a partir de 2020. No entanto, tema não é tratado com segurança pelo clube, que faz de tudo para manter o foco nas últimas partidas deste ano. Enquanto isso, na imprensa da Argentina surge uma série de nomes supostamente indicados pelo treinador. Mas com todos há o mesmo problema: o excesso de estrangeiros do Colorado.

Atualmente o Inter conta com seis gringos no elenco. Só cinco podem ser relacionados em partidas nacionais, segundo regulamento do futebol brasileiro. Ao longo deste ano, Santiago Tréllez foi quem mais sofreu pela imposição legal, ficando fora da maioria das partidas.

Além do colombiano, o elenco vermelho conta com os argentinos Andrés D'Alessandro, Martín Sarrafiore e Victor Cuesta, além do uruguaio Nico López e do peruano Paolo Guerrero.

Em três casos o futuro é incerto. Nico López é alvo de interesse do Tigres, do México. D'Alessandro ainda não renovou contrato que acaba ao fim deste ano e Santiago Tréllez voltará ao São Paulo após empréstimo. Se D'Ale não renovar e Nico for realmente vendido, abrem-se duas vagas. Caso contrário, o cenário segue o mesmo.

Em partidas da Conmebol (Libertadores e Sul-Americana) não há limite de estrangeiros utilizados. No entanto, da mesma forma que agiu neste ano, o Colorado não pretende a chegada de um jogador de outra nacionalidade apenas para disputa de competições específicas.

Ontem, os nomes de Marco Ruben, do Athletico-PR, e Nery Domínguez, do Racing, foram citados pela imprensa argentina como pedidos de Coudet. Ambos empresários negaram qualquer contato do Inter ao UOL Esporte.

Hoje, o canal Fox Sports da Argentina cita uma série de nomes. Nacho Fernández, Juan Fernando Quintero e Rafael Santos Borré, do River Plate, seriam as metas.

A direção do Internacional não se manifesta sobre o caso e sequer confirma acerto com o treinador para 2020. O plano do clube é manter o foco na reta final do Brasileirão e no comando de Zé Ricardo.

De acordo com a apuração do UOL, porém, o Inter tem alinhada a chegada de Chacho Coudet para o ano que vem. Junto a ele, o auxiliar Carlos Broggi e o preparador físico Octavio Manera.

Internacional