Topo

São Paulo monta projeto para ajudar ex-atletas que estejam em necessidades

Mineiro e Amoroso se abraçam após gol do São Paulo na final do Mundial de Clubes de 2005 - AFP PHOTO / Toshifumi KITAMURA
Mineiro e Amoroso se abraçam após gol do São Paulo na final do Mundial de Clubes de 2005 Imagem: AFP PHOTO / Toshifumi KITAMURA

Arthur Sandes e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

18/10/2019 16h23

Resumo da notícia

  • Ex-volante Mineiro é o responsável pelo novo projeto, que ainda não foi lançado
  • Objetivo é auxiliar ex-jogadores que fizeram história no Tricolor e hoje passam necessidades
  • São Paulo também lança time de "lendas" para jogar torneio máster em dezembro

O São Paulo avança na criação de um projeto que auxilie financeiramente os ex-jogadores que passaram pelo clube e estejam passando por necessidades. O anúncio foi feito nesta tarde pelo ex-volante Mineiro, autor do gol do título mundial tricolor em 2005.

"O projeto está bem adiantado. Será lançada em breve uma associação para arrecadar fundos e ajudar jogadores que fizeram história pelo São Paulo e que estejam passando por situações críticas", afirmou Mineiro, que hoje esteve no lançamento da Legends Cup Brasil, um quadrangular de times máster que será disputado no Morumbi, em dezembro.

A iniciativa é do São Paulo, mas Mineiro fica à frente da organização por ser visto pelo clube como alguém capaz de personificar o projeto. O ex-volante já explica como o grupo pretende ajudar os ídolos que precisarem.

"Será criada uma comissão de ex-atletas que vai avaliar cada situação, aí vamos tentar dar o suporte que cada jogador que fez história no São Paulo merece, que por uma situação ou outra acabaram esquecidos. Tentamos impedir que a história se perca, para que o ex-jogador possa ter uma vida digna mesmo após o fim da carreira", diz Mineiro.

Ainda não foram divulgados detalhes de como os recursos serão arrecadados, mas a tendência é que o novo time de másters do São Paulo seja fundamental nesta iniciativa. A equipe jogará um torneio com Barcelona, Bayern de Munique e Borussia Dortmund em dezembro, no Morumbi, o que pode ser o pontapé do projeto.

"Já falei com Silas, Careca, Muller, Kaká, Rogério [Ceni] e Luis Fabiano, que ainda não se aposentou. O São Paulo tem muitas lendas para fazer esse projeto exitoso, não só para dezembro, mas também para frente", afirma Diego Lugano, também campeão mundial e atual superintendente de relações institucionais do Tricolor. "Queremos um produto genuíno, para vender ingressos e dar retorno ao clube, fazer ação social e ajudar outros jogadores", completa.

São Paulo