Topo

Relegado por Cuca, Igor Gomes fica perto de ser titular no SPFC de Diniz

Igor Gomes durante treino do São Paulo no CT da Barra Funda - Marcello Zambrana/AGIF
Igor Gomes durante treino do São Paulo no CT da Barra Funda Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Arthur Sandes e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

18/10/2019 04h00

Após quase cinco meses, Igor Gomes está mais perto de ser titular outra vez do São Paulo. Considerado uma das principais promessas do clube, o jogador teve poucas oportunidades quando o Tricolor paulista era dirigido por Cuca. Agora, sob a tutela de Fernando Diniz, ele entrou em campo no decorrer dos últimos quatro confrontos e apresentou um bom desempenho. Por isso, não está descartada a possibilidade de o garoto de 20 anos ganhar uma uma chance no jogo de domingo, no Morumbi, contra o Avaí, pelo Campeonato Brasileiro.

No início da temporada, quando o coordenador técnico Vagner Mancini dirigiu o time no Campeonato Paulista, Igor Gomes viveu o seu ápice na temporada. Nas quartas de final do estadual, contra o Ituano, marcou dois gols. Porém, com a chegada de Cuca, a partir do segundo confronto da semifinal, as chances diminuíram. Na era Cuca, ele foi titular apenas em cinco jogos, sendo o último no dia 22 de maio, contra o Bahia, pela Copa do Brasil.

Para pessoas próximas, o técnico elogiava a dedicação do jovem, principalmente nos treinamentos. Tal empenho servia até para ser utilizado de exemplo para outros atletas. Porém, na visão de Cuca, o jogador precisava de mais maturidade e de objetividade nas partidas. Além disso, para o comandante outros atletas estavam à frente na briga por um lugar entre os 11.

Por tal avaliação, Cuca não se mostrou incomodado com a possibilidade de o clube acertar um empréstimo para Igor Gomes. O São Paulo, no entanto, entendeu que era importante segurar o jovem em seu elenco e recusou uma oferta de um time europeu.

Cuca também não se opôs e liberar o jogador para integrar a delegação da seleção brasileira durante os amistosos com Colômbia e Peru, nos dias 6 e 11 de setembro, respectivamente. O convite foi feito em agosto e a comissão técnica avaliou que poderia ficar sem o jovem, que era pouco utilizado. Por coincidência, o Daniel Alves fora convocado também, e Hernanes sofrera lesão neste período. Desta maneira, Cuca precisou improvisar no meio de campo e a ausência de Igor Gomes gerou críticas da torcida.

Por Fernando Diniz ter o histórico de dar mais oportunidades para os jogadores mais jovens e pelas últimas atuações de Igor Gomes, a possibilidade de o meio campista receber uma chance ganhou força.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

São Paulo