Topo

Inter encara pior sequência no Brasileiro desde ano do rebaixamento

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

14/10/2019 12h00

O empate com o Santos em 0 a 0 não foi considerado totalmente negativo para o Inter. Com técnico interino, oscilando no Brasileiro, o Colorado teve atuação regular, dois gols anulados, e crê que poderia ter saído com a vitória. O resultado, porém, significou a pior série do campeonato desde 2016, ano em que foi rebaixado para Série B.

São cinco jogos sem vitória: as derrotas para CSA e Flamengo e os empates contra Palmeiras, Cruzeiro e Santos. Desde o dia 22 de setembro que o Colorado não vence uma partida sequer na competição.

Em 2018, o maior período sem vitória foi de quatro partidas, com duas derrotas e dois empates. E em 2017 o Colorado jogou a Série B.

Em 2016, quando foi rebaixado, a lista de partidas sem vitória foi grande. O Internacional chegou a ficar 14 jogos sem vitória. Foram nove derrotas e cinco empates entre 19 de junho e 8 de setembro. Naquele mesmo ano, o Inter ficou outro período de cinco jogos sem vencer e teve outra fase de quatro derrotas seguidas. Acabou caindo para Série B.

Em meio aos resultados ruins veio a demissão de Odair Hellmann. Com tudo isso aliado à pressão da torcida, é natural que o elenco esteja abalado e o trabalho precise ser tão forte dentro de campo quanto fora dele.

"O lado psicológico é um componente tão importante quanto a tática. Mas temos jogadores muito maduros, inteligentes. O primeiro tempo contra o Santos não foi o melhor, enfrentamos um ótimo time, um técnico muito qualificado, e conseguimos melhorar no intervalo. É prova disso, da maturidade do nosso grupo", disse o técnico interino Ricardo Colbachini.

Na quinta-feira o adversário será o Avaí. Sem tempo para descanso, a reapresentação já está marcada para segunda-feira. Bruno Fuchs reforça a equipe após servir à seleção sub-23 do Brasil. Guerrero também volta, da seleção peruana.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Internacional