Topo

Futebol


CSA vence Avaí e faz Cruzeiro cair mais uma posição na zona de rebaixamento

Do UOL, em São Paulo

06/10/2019 20h56

O CSA bateu o Avaí com um gol de Ricardo Bueno, outro de Jonatan Gomez de pênalti e mais um de Apodi nos acréscimos. Em jogo disputado e com chances para os dois lados, a equipe apresentou ataque mais preciso e venceu em casa. O jogo aconteceu no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL) na noite de domingo (6) pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O resultado deixa o CSA na 17ª posição, com 22 pontos, ultrapassando o Cruzeiro, que está com 20. Já o Avaí fica na penúltima posição, com 16 pontos. Na 24ª rodada do Brasileirão, na quarta-feira (9), o CSA enfrenta o Internacional no Rei Pelé, e o Avaí recebe o Vasco na quinta-feira (10) na Ressacada.

QUEM FOI BEM: A dupla Bustamante e Ricardo Bueno

Os atacantes do CSA montaram uma boa dupla mirando as redes do Avaí. O gol de Ricardo Bueno no início do primeiro do tempo começou em um passe de Bustamante, e ainda na primeira metade mais uma jogada foi criada pelos atacantes quase marcando o segundo, mas essa Ricardo Bueno errou.

ALGUÉM SEGURA O APODI

O lateral deu trabalho pela meia direita e pressionou para formar contra-ataques rápidos, mas a marcação foi forte em cima do jogador, tanto que Betão e Mosquera tomaram amarelo em faltas cometidas no mesmo alvo.

ATUAÇÃO DO CSA:

A equipe se mostrou mais técnica que o Avaí e abriu vantagem no primeiro tempo com um gol de Ricardo Bueno. Apodi e Bustamante tentaram criar novas jogadas de ataque, mas erraram domínios e passes desperdiçando boas possibilidades perto da da área. Mesmo assim o time foi para o vestiário com 1 gol de vantagem.

No segundo tempo a equipe sofreu pressão do Avaí que voltou diferente, mas manteve um jogo disputado e com novas chances. A conquista do segundo gol aconteceu com o pênalti sofrido por Ricardo Bueno, o qual Jonatan Gomez cobrou e mandou a bola para o fundo da rede do goleiro Vladimir. Mais um veio com o ataque final de Apodi nos acréscimos.

ATUAÇÃO DO AVAÍ:

Faltou qualidade para o Avaí no primeiro tempo. O time abriu muito espaço para o CSA avançar, e mesmo com diversas chances de chegar na área, em todas finalizou mal. João Paulo apareceu formando jogadas e tentando mirar o gol, mas não conseguiu acertar. A equipe começou o jogo com mais posse de bola, mas sofreu o gol no inicio e tentou se recompor fechando mais espaços.

No segundo tempo o time voltou sem alterações na escalação e conseguiu marcar com Jonathan logo nos dois primeiros minutos. Após tomar o segundo gol, resultado de um pênalti cometido por Léo e confirmado pelo VAR, a equipe teve mais uma boa chance com Caio Paulista, mas não marcou.

HISTÓRIA DO JOGO:

O jogo começou morno e com passes errados para os dois lados. O destaque veio com jogadas de Bustamante, e uma finalização bem sucedida: um cruzamento perigoso pela esquerda que Betão afastou de cabeça; um corte que fez a bola passar bem perto do gol; um belo passe para Ricardo Bueno que empurrou a bola para o fundo do gol aos 14 minutos do primeiro tempo; e mais uma bola para Ricardo que poderia matar o primeiro tempo com boa vantagem mas errou a mira.

Vladmir tomou um, mas fez boas defesas no primeiro tempo. O goleiro do Avaí se esticou para defender um chute perigoso de Ricardo Bueno e uma bola na cara do gol de Jonatan Gómez. O ataque teve o destaque de uma bola de Léo: cruzamento para João Paulo que apareceu na segunda trave para finalizar de cabeça mas mandou a bola para fora. O Avaí começou a pressionar em busca do empate no primeiro tempo, mas continuou com saídas erradas dando abertura para o CSA.

Aos dois minutos do primeiro tempo Igor e Léo armaram boa jogada para Jonathan finalizar e mudar a cara do jogo empatando para o Avaí. O jogo voltou do intervalo mais apertado. O Avaí manteve boa posse de bola mas o CSA deu sustos com Dawhan e Jonatan Gómez. Ricardo Bueno caiu na área após contato de Léo e o lance foi para verificação no árbitro de vídeo, pênalti marcado. Jonatan Gomez cobrou a penalidade e marcou mais um para o CSA. O último gol do 3 x 1 veio com um ataque surpresa de Apodi nos acréscimos.

FICHA TÉCNICA:

CSA 3 X 1 Avaí
Motivo: 23 ª rodada do Brasileirão
Data: 06/10/2019
Local: Estádio Rei Pelé (AL)
Horário: 19h00 (de Brasília)

Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)
VAR: Wagner Reway (PB)

Gols: Ricardo Bueno aos 14 minutos do primeiro tempo. Jonathan aos 2 minutos do segundo tempo, Jonatan Gómez aos 25 minutos do segundo tempo, e Apodi aos 50 do segundo tempo.
Cartões amarelos: Betão (Avaí), Mosquera (Avaí), Jean Cléber (CSA), Alan Costa (CSA), Alisson Safira (CSA), João Paulo (Avaí)

Escalações:

CSA: Jordi; Apodi, Luciano Castán, Alan Costa, Carlinhos; Naldo, Dawhan, Bruno Alves (Warley), Jonathan Gómez; Ricardo Bueno (Alisson Safira) e Héctor Bustamante (Jean Cléber). Técnico: Argel Fucks.

AVAÍ: Vladimir, Igor Fernandes, Ricardo, Betão, Léo, Douglas (Brenner), Mosquera (Vinícius Araújo), Richard Franco (Matheus Barbosa), João Paulo, Jonathan, Caio Paulista. Técnico: Alberto Valentim

Mais Futebol