Topo

Lomba explica encontro de atletas do Inter com membros de organizada no CT

Torcedores da Camisa 12 conversam com jogadores do Internacional no CT do clube - Reprodução/Twitter
Torcedores da Camisa 12 conversam com jogadores do Internacional no CT do clube Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em Porto Alegre

04/10/2019 13h15

Marcelo Lomba explicou o encontro de jogadores do Inter com líderes da torcida organizada Camisa 12, no CT do clube, no último sábado. Segundo o goleiro, alguns jogadores receberam os aficionados por conta da festa de aniversário da torcida e não houve tom de cobrança.

"O que houve ali foi o seguinte: a torcida veio aqui única e exclusivamente para oferecer o convite da festa de 50 anos para nós. Acho que seria desrespeitoso não receber, afinal, são 50 anos, e eles estão sempre presentes no estádio. Não é normal eles estarem aqui, a direção faz este papel. Mas como era significativo, fomos. São 50 anos, é uma marca importante", contou.

A imagem da conversa com Lomba, D'Alessandro e Rafael Sobis tomou as redes sociais. O próprio perfil da torcida divulgou o material apenas depois do empate com o Palmeiras, quando houve vaias no Beira-Rio. E na legenda da foto citou um tom de cobrança aos atletas.

"Não teve cobrança, não teve problema. Em um determinado momento falamos do jogo, mas foi bem tranquilo. Recebemos o convite, dissemos que o clube iria se manifestar em favor da festa deles. Eles nos apoiaram, disseram que estão juntos e tal, que torcem para estarmos na Libertadores. Não teve essa polêmica que circulou nas redes sociais. Isso não é bom, o momento pede união, que todos joguem junto. Não foi por este lado de cobrança", comentou.

A divulgação fora de data e o tom utilizado nas redes sociais desagradou o comando do Inter.

O Internacional se prepara para encarar o Cruzeiro, no sábado, fora de casa, pela 23ª rodada do Brasileiro.