Topo

Luan cobra mudança do Atlético-MG: "Se for para dar porrada, tem que dar"

Do UOL, em Belo Horizonte

23/09/2019 22h16

Luan pede mudança de postura do Atlético-MG após a derrota por 1 a 0 para o Avaí, na noite de hoje, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Acionado no segundo tempo do jogo ocorrido na Ressacada, o meia-atacante acredita que o elenco precisa reagir urgentemente após a quinta derrota seguida no ano. Pela competição nacional, já são seis rodada consecutivas com revés também.

"É complicado falar, a gente está trabalhando firme. Eu, particularmente, estou treinando muito forte para voltar a ser titular. Sei que tenho capacidade para ser titular. O time está tomando gols bobos e não consegue concluir as chances em gol. O time tem que se unir cada vez mais. Temos jogadores experientes no grupo, precisamos lidar com essa pressão", declarou.

"Na quinta-feira [contra o Colón], teremos o jogo do ano. Espero que a gente incorpore o espírito do Galo Doido, ralar no chão. Se for para dar porrada, tem que dar. Mas que a gente incorpore o espírito do Galo Doido", acrescentou.

Diante da sequência negativa de resultados pelo Brasileirão, o meia-atacante ainda cobra que o Atlético faça 45 pontos rapidamente — essa é a quantia aceita pelos treinadores como a necessária para se evitar um rebaixamento. Hoje, com 27 pontos conquistados, o time tem nove de vantagem em relação ao Fluminense, o primeiro situado na zona de descenso.

"Vamos melhorar, nos unir para sair dessa situação. No Brasileiro é fundamental fazer os 45 pontos logo para não ter risco nenhum. Eu tenho me cobrado muito quando não estou jogando, mas sei que tenho capacidade para ser titular e ajudar a equipe", concluiu.

Atlético-MG