Topo

Flamengo vai pedir liberação de Reinier do Sub-17 e cogita ir à Justiça

Flamengo não quer liberar Reinier para disputar o Mundial sub-17 com a seleção brasileira  - Alexandre Vidal / Flamengo
Flamengo não quer liberar Reinier para disputar o Mundial sub-17 com a seleção brasileira Imagem: Alexandre Vidal / Flamengo

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

23/09/2019 16h31

Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo, afirmou que o clube não pretende liberar o meia Reinier para o Mundial Sub-17. O clube vai pedir a liberação à CBF e irá ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) caso não receba o sinal verde. Ele não descartou a possibilidade de ir à Justiça comum caso haja necessidade.

"As pessoas que tratam deste assunto acham no direito de convocar, entendemos que ele está totalmente adaptado ao profissional. O jogador já foi informado", afirmou.

O dirigente reclamou também sobre as convocações de Rodrigo Caio e Gabigol, mas disse entender que não há o que se fazer em relação ao caso, já que são datas-Fifa.

"A competição da CBF está sendo prejudicada por quem faz a gestão da competição. Nós lamentamos. É importante falar que somos uma administração do diálogo. O presidente Landim e todos fazem isso incansavelmente. Não tiveram bom senso mesmo assim", completou.

Braz ressaltou que o elenco do Flamengo não é tão grande e o clube não se pode dar ao luxo de liberar tantos jogadores:

"A gente precisa se posicionar. A estranheza em relação ao Tite era o que ele pensava em um curto tempo do que pensou agora. Ele tinha uma posição muito firme, ele não fez o que ele falou. Precisamos colocar uma lupa nesse calendário. Qualquer elenco do mundo que perder quatro titulares, perde muito. O Flamengo e qualquer clube do mundo".

Além dos três brasileiros, o Fla ainda teve Arrascaeta convocado pelo Uruguai, e pode ter Berrío chamado para a seleção da Colômbia.

Flamengo