Topo

Barroca dedica vitória do Botafogo a funcionários com salários atrasado

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

08/09/2019 19h43

O Botafogo venceu por 2 a 1 neste sábado. Apesar da felicidade pela vitória sobre o Atlético-MG, a partida no Nilton Santos ficou marcada pelos protestos contra o presidente Nelson Mufarrej. O técnico Eduardo Barroca preferiu não criticar, mas acabou o fazendo nas entrelinhas. É que o treinador seguiu a atitude dos atletas e também concedeu entrevista coletiva fora da sala de imprensa.

A decisão é uma forma de protestar contra a crise financeira que o clube atravessa e não exibir os patrocinadores do Botafogo em sites e televisão. Barroca aproveitou para dedicar a vitória aos funcionários que estão com salários atrasados e tem enfrentado muita dificuldade - torcida arrecadou mais de R$ 20 mil para comprar cestas básicas.

"Essa vitória para mim tem uma importância a mais pelos funcionários do Botafogo. Nessa semana, na quinta-feira estava chovendo muito no treino, e o Átila, um dos nossos massagistas, estava aqui servindo água e atento. É um senhor, tem idade para ser meu pai. Isso é um indicativo que a gente tem condições de que a gente tem condição de ir muito longe na competição, apesar das dificuldades que estamos vivendo", disse Barroca.

"Estou 100% junto com os jogadores, essa decisão de sair da sala de imprensa partiu do departamento de futebol, que eu acatei. O Anderson [Barros, gerente de futebol] é o responsável pelo departamento. Todos nós estamos juntos nesse cenário que estamos passando", completou o treinador do Botafogo.

Segundo apuração do UOL Esporte, os jogadores estão insatisfeito com grande parte da diretoria e contam apenas com Anderson Barros e o técnico Eduardo Barroca.

Após a vitória, Barroca explicou o que tem feito para evitar que os problemas de bastidores fiquem fora de campo. Com o triunfo, fica evidente que jogadores e comissão técnica estão sabendo separar as coisas. Segundo o treinador, nesse momento manter esse equilíbrio é uma de suas principais funções.

"A gente tem se agarrado 100% à preservação do lado esportivo. Mais uma vez eles conversaram comigo e pediram que, eu junto com o Anderson, fosse o elemento que mantivesse a ordem no trabalho e o lado esportivo em sua plenitude, e é isso que eu tenho feito com eles. Não posso deixar de exaltar a atitude dos jogadores mais uma vez. Encontrei um grupo de jogadores comprometidos, frontais para debater suas posições", finalizou o treinador do Alvinegro.

O resultado recoloca o Botafogo no caminho das vitórias após três jogos - duas derrotas e um empate. O Alvinegro de General Severiano chegou aos 26 pontos e pulou para a 10ª posição. O time volta a campo no sábado, quando visitará o Ceará, no Castelão.