PUBLICIDADE
Topo

Mano tenta desarmar antipatia de torcedores do Palmeiras já na chegada

Mano Menezes acertou com o Palmeiras e assinará contrato até 2021 - Marcelo Alvarenga/AGIF
Mano Menezes acertou com o Palmeiras e assinará contrato até 2021 Imagem: Marcelo Alvarenga/AGIF

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

04/09/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Nome do treinador enfrenta rejeição alta de torcedores do Palmeiras
  • Mano já fez primeiros movimentos para diminuir antipatia nas redes
  • Palmeiras sabia do cenário, mas Mano era desejo antigo da diretoria
  • Identificação com o Corinthians é uma das principais reclamações

O primeiro desafio de Mano Menezes no Palmeiras não deve se resumir ao campo de futebol. Antes mesmo de ter seu nome anunciado oficialmente pelo clube, o novo treinador alviverde já enfrentou uma campanha negativa da torcida, com direito a uma das hashtags mais comentadas do Twitter, com pedidos que a diretoria não o contratasse. Por isso, ele já se mobiliza para tentar diminuir essa rejeição.

Mano ainda não teve seu primeiro contato direto com o Verdão, mas já se manifestou em redes sociais buscando uma mensagem de união e conexão com a torcida. Usando bordões comuns nos gritos de arquibancada do Allianz Parque - como "Daria a vida inteira pra ser campeão" e "Sou Palmeiras, sim senhor" -, os perfis oficiais do treinador tentaram superar a antipatia inicial.

A maior parte das reações dos torcedores, porém, tem sido negativa. A forte identificação de Mano com o rival Corinthians, onde teve duas passagens e conquistou três títulos, é um dos principais motivos para a postura agressiva contra o técnico. Outro fator citado é uma forma de jogar supostamente defensiva, que seria "mais do mesmo" na comparação com o antecessor Luiz Felipe Scolari.

Apesar de saber que o treinador teria uma alta rejeição por parte da torcida, o Palmeiras não hesitou em acelerar sua contratação assim que Felipão foi demitido. Mano é um nome que agrada à diretoria alviverde há tempos e já havia ficado perto de acertar com o clube em 2017, após a demissão de Cuca. Na época, porém, o técnico gaúcho preferiu seguir no Cruzeiro, onde ficou até o mês passado.

A aposta no Verdão é que bons resultados mudem rapidamente a visão negativa da parcela mais radical de torcedores em relação a Mano Menezes. Não é só na arquibancada, porém, que ele encontra resistência: em áudio vazado, o presidente do Conselho Deliberativo alviverde, Seraphim Del Grande, classificou a contratação do técnico como uma "burrice" do presidente Maurício Galiotte, pedindo a saída do diretor Alexandre Mattos e defendendo a continuidade de Felipão.

A apresentação oficial de Mano como técnico do Palmeiras, que deve marcar a primeira oportunidade do treinador de se dirigir ao vivo à torcida, ainda não tem data confirmada, mas deve ocorrer entre amanhã e sexta-feira. Por enquanto, o clube não definiu se o novo comandante já assume os trabalhos nesta semana e fica no banco para comandar o time contra o Goiás, no sábado, no estádio Serra Dourada, pelo Campeonato Brasileiro.

Palmeiras