Topo

Presidente do Conselho pede Mattos fora e detona chegada de Mano: "Burrice"

Maurício Galiotte e Seraphim Del Grande - Fábio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação
Maurício Galiotte e Seraphim Del Grande Imagem: Fábio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação

Danilo Lavieri e Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

03/09/2019 10h09

Resumo da notícia

  • Em áudio vazado, Seraphim Del Grande fez críticas a Galiotte e Mattos
  • Presidente do Conselho disse que contratar Mano Menezes é "burrice"
  • Seraphim é próximo de Leila Pereira e considerado aliado de Galiotte

A demissão de Luiz Felipe Scolari pode dar início a uma nova crise no Palmeiras, desta vez no campo político. Em áudio que foi enviado para sócios e conselheiros e que vazou nas redes sociais, o presidente do Conselho Deliberativo do clube, Seraphim Del Grande, não poupou críticas ao presidente Maurício Galiotte e ao diretor de futebol Alexandre Mattos, além de definir a contratação de Mano Menezes como "burrice".

O UOL Esporte tentou contato com Seraphim Del Grande, Alexandre Mattos e Maurício Galiotte, mas nenhum dos três foi localizado para comentar o assunto.

"Tenho falado muito com o Maurício, mas ele não tem escutado. Acho que nem era o momento de mandar o Felipão embora. Devia mandar o Alexandre Mattos e não ele (...). Infelizmente, o problema do Palmeiras é o Alexandre Mattos. E se vier o Mano Menezes seria o caos para nós. Eu espero que o Maurício não faça essa burrice. Seria o enterro do resto do mandato dele", atacou o presidente do Conselho.

Del Grande tem longa vida política no Palmeiras e já ocupou os mais diversos cargos no clube. Ele viaja constantemente com a delegação para os compromissos dentro e fora do país e tem ótima relação com Leila Pereira, dona da patrocinadora Crefisa. Até este episódio de vazamento, sua relação com Galiotte também era considerada boa pelos conselheiros.

O Palmeiras anunciou a demissão de Felipão ontem à noite e confirmou Mano Menezes como substituto hoje. O treinador assinará contrato até o final de 2021 e chegará a São Paulo nos próximos dias.

Confira a transcrição completa do áudio de Seraphim Del Grande:

"Boa noite. Infelizmente, está indo as coisas muito erradas (sic). Tenho falado muito com o Maurício, mas ele não tem escutado. Eu acho que nem era o momento de mandar o Felipão embora. Devia mandar o Alexandre Mattos embora, e não ele. Ele devia continuar mais um ou dois meses para ver como ia o time, mas, infelizmente, o problema do Palmeiras é o Alexandre Mattos. E sem dúvida se vier o Mano Menezes seria o caos para nós. Eu espero que o Maurício não faça essa burrice. Se fizer a burrice, é o enterro do resto do mandato dele. Eu estou passando inclusive esse apelo que você fez para mim para o Maurício, para o Paulo Buosi, que é o primeiro vice-presidente. Eu sou presidente do Conselho, mas o regime é presidencial. Eu estou fazendo meu papel para que o Maurício não faça mais besteira do que está fazendo".

Siga o UOL Esporte no