Topo

Sampaoli avalia empate como "angustiante" e não vê culpa de estilo de jogo

Do UOL, em São Paulo

25/08/2019 19h03

"Angustiante". Foi assim que o técnico Jorge Sampaoli classificou o empate contra o Fortaleza após o Santos abrir 3 a 0 de vantagem na Vila Belmiro. O treinador avaliou a atuação da equipe como superior na tarde de hoje (25) e admitiu que não imaginava um tropeço - o time alvinegro viu os visitantes igualarem aos 49 minutos do segundo tempo.

"Temos que analisar bem. Fico com o primeiro tempo e parte do que fizemos no segundo tempo, como uma equipe arrojada. Atacamos bem diante de um time fincado atrás. Lamentavelmente, vamos com um resultado angustiante para nós", avaliou o treinador argentino durante a entrevista coletiva.

"Foi tanto domínio e superioridade que empatar esse jogo não passava pela minha cabeça. Vi tanta superioridade que imaginei uma vitória para nós", acrescentou.

Sampaoli também não viu relação do empate com a postura ofensiva de sua equipe. Ao término da partida, o lateral Victor Ferraz disse que o Santos "pagou pelo estilo de jogo".

"Não creio que seja a filosofia, é de entender o jogo. Não é questão numérica, é questão posicional. Cabeça preparada para o momento em que estamos (na partida)", disse o técnico.

Com o tropeço, o Santos chegou a três jogos consecutivos sem vitória no Brasileirão. A equipe lidera com 33 pontos, mas pode ser alcançada por Flamengo e Palmeiras na sequência da 16ª rodada. O São Paulo, que também vinha brigando pela primeira posição, perdeu para o Vasco neste domingo.

O próximo compromisso do Santos na competição é contra a Chapecoense, no sábado (31), na Arena Condá.