Topo

Futebol


Grêmio x Palmeiras: Por que VAR não checou lance que resultou no empate

Beatriz Cesarini

Do UOL, em São Paulo

18/08/2019 11h24

Na noite de ontem, o técnico Luiz Felipe Scolari e os jogadores do Palmeiras ficaram revoltados com o árbitro de vídeo por causa de uma cobrança de lateral atribuída ao Grêmio. O lance resultou no gol de empate do time gaúcho e não foi revisado. Segundo o manual do VAR na CBF, a tecnologia não pode se manifestar nesses momentos. O confronto terminou em 1 a 1.

No guia para assistentes de árbitro de vídeo, a CBF orienta que, em lances como os de laterais concedidas incorretamente, "as Regras do Jogo não permitem que decisões de reinício (escanteios, arremessos, etc.) sejam alteradas depois do recomeço do jogo, e portanto, não podem ser revisados".

"O juiz não pode alterar a decisão após o reinício da partida. Além disso, a situação exigiria que cada decisão sobre reinício fosse revisada se acaso um gol resultasse da próxima fase da jogada - isto resultaria em demasiadas interrupções ao jogo", ressalta o manual.

O lance polêmico foi já no fim do segundo tempo da partida. Aos 42 minutos, o zagueiro David Braz empatou para o Grêmio com um golaço de longa distância, após uma jogada que se iniciou em uma cobrança de lateral. A arbitragem apontou o tiro manual para os gaúchos, mas o arremesso deveria ser para o Palmeiras.

Em contato com a reportagem do UOL Esporte, o chefe de arbitragem da CBF, Leonardo Gaciba, confirmou a diretriz estabelecida no manual. De acordo com o ex-árbitro, no caso do empate entre Grêmio e Palmeiras o VAR não poderia intervir, já que uma nova jogada foi iniciada depois do arremesso lateral.

Com o resultado, o Palmeiras foi para 30 pontos e perdeu a segunda posição para o Flamengo, que venceu o Vasco e tem a mesma pontuação, mas aparece com uma vitória a mais. A distância para o líder Santos é de dois pontos, porém o time da Baixada Santista ainda joga nesta rodada - visita o Cruzeiro hoje (18).

O Grêmio, sem vencer há cinco jogos no Brasileirão, segue flertando com o pelotão da parte debaixo da tabela. Hoje com 18 pontos e na 12ª posição, o time gaúcho pode encerrar a rodada a apenas quatro pontos do 17º colocado.

Mais Futebol