Topo

Futebol


Matheus Henrique deslancha no Grêmio e encanta até Tite por seleção

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Jeremias Wernek e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em Porto Alegre

16/08/2019 04h00

O Grêmio tem Matheus Henrique como espécie de herdeiro de Arthur há tempos, mas agora o camisa 14 deslanchou de vez e se aproxima do status que o antecessor alcançou em Porto Alegre. Destaque na vitória sobre o Athletico, pela semifinal da Copa do Brasil, Matheus Henrique é um dos termômetros do time de Renato Gaúcho em 2019 e alia visão de jogo com intensidade. Características que o fizeram entrar no radar da seleção brasileira. Tanto da equipe olímpica quanto da principal.

André Jardine e Tite trocam informações e acompanham com entusiasmo a evolução de Matheus Henrique. Para a seleção olímpica, o volante é um nome muito forte de olho nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. Já o time principal projeta renovação a médio e longo prazo.

O volante está entre os cinco atletas que mais atuaram pelo Grêmio no ano. Não à toa, Matheus Bachi, filho e auxiliar técnico de Tite, esteve na Arena do Grêmio e assistiu ao primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil. O integrante da comissão técnica da seleção reuniu mais elementos para encorpar relatórios - um deles é sobre Matheus Henrique.

"O Matheus eu havia falado há uns quatro ou cinco meses que sou muito fã. A gente vinha preparando ele. Falei para o Arthur uma vez: 'se prepara que daqui a pouco eu vou te dar a camisa e você não sai mais da equipe? Falei a mesma coisa para o Matheus, ele tem berço, família muito boa, cabeça muito boa, e muito talento. Vai longe. E acredito que em breve ele vai ter chance na seleção brasileira também", disse Renato Gaúcho.

Recentemente, o Grêmio adquiriu novo percentual e ficou com 90% dos direitos econômicos de Matheus Henrique. O volante havia deixado o clube, assinado com o São Caetano e voltou em 2017 por empréstimo. A operação por fatia maior do percentual foi feita às vésperas da vaga no time titular chegar.

Na Arena, o Grêmio entende que Matheus Henrique é titular absoluto do time e com margem para evoluir mais. As comparações com Arthur já ficaram no passado pelos estilos diferentes, mas o status de peça-chave no time é algo comum aos dois. Um no passado, outro agora.

O Grêmio enfrenta o Palmeiras duas vezes nos próximos dias. Amanhã (17), pelo Brasileirão. Na terça-feira (20), pelas quartas de final da Libertadores. Matheus Henrique deve atuar somente no torneio sul-americano.

Futebol