Topo

"Está na hora de chegar à final", afirma Dudu sobre a Libertadores

Dudu beija o símbolo do Palmeiras após mais um gol - Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Dudu beija o símbolo do Palmeiras após mais um gol Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Flavio Latif e Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo (SP)

14/08/2019 17h19

O atacante Dudu afirmou que "está na hora" de o Palmeiras chegar à final da Copa Libertadores da América. Durante coletiva de imprensa na tarde de hoje, o jogador disse que o time vem "batendo na trave" e que a conquista a competição continental seria muito importante para todos os atletas escreverem seu nome para o resto da história do Alviverde.

"A Libertadores é o título máximo na América do Sul. Todo torcedor sonha e quer, não é só o do Palmeiras. Se a gente ganhar esse título, vamos ficar marcados aqui para o resto da história. Sabemos a quantidade de jogadores que passaram por aqui e só um elenco ganhou a competição. Estamos batendo na trave, ano passado caímos na semi. Acho que está na hora de chegar até a final e ganhar a competição", afirmou o camisa 7.

"Acho que está na hora de chegar até a final e ganhar a competição. É difícil, tem equipes muito boas disputando a Libertadores, mas estamos cada vez mais maduros e vamos batalhar para que seja no fim desse ano", completou.

No ano passado, o Palmeiras teve a melhor campanha na fase de grupos na competição. A equipe venceu o Boca Juniors, em plena La Bombonera, por 2 a 0 e ainda "ajudou" o clube argentino a se classificar para a próxima fase vencendo o Junior Barranquilla na última rodada.

Porém, nas semis da Libertadores, reencontrou o Boca. Apesar de controlar o jogo em grande parte do tempo, o Palmeiras não suportou a pressão e acabou tomando dois gols no fim da partida em Buenos Aires. No jogo de volta, com uma vantagem muito grande, os Xeneizes souberam aproveitar as poucas chances que tiveram e saíram de São Paulo com um empate em 2 a 2.

Dudu acredita que "faltou atenção" para o Alviverde sair daquele confronto vencedor. O camisa 7 acredita que, contra o Grêmio, o mesmo não pode ser cometido. O jogo de ida contra os gaúchos, pelas quartas de final, acontece na próxima terça-feira (20), em Porto Alegre.

"Acho que a gente vai falar pelo ano passado, contra o Boca. Faltou atenção, a gente tinha controlado o jogo por quase todo o tempo e em cinco minutos tomamos dois gols. Aqui em casa tomamos gols que até então não tomávamos. Isso é falta de atenção nos jogos decisivos. A gente passou por um momento difícil, mas estamos nos reencontrando, fazendo bons jogos. Acho que em três jogos contra o Grêmio precisamos ter atenção e não dar brecha porque é uma equipe de muita qualidade. E um momento de desatenção pode dar um grande prejuízo para a gente", concluiu.

Palmeiras