PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Comentarista da ESPN desvenda "bilhetinho" de Felipão e alfineta caligrafia

Gustavo Hofman, jornalista da ESPN - Divulgação/ESPN
Gustavo Hofman, jornalista da ESPN Imagem: Divulgação/ESPN

Do UOL, em São Paulo

05/08/2019 13h20

Coube a Gustavo Hofman a missão de tentar desvendar o bilhete enviado para Weverton no primeiro tempo do empate entre Corinthians e Palmeiras. Durante o ESPN Bom Dia desta segunda, o comentarista interpretou o recado da comissão técnica alviverde ao goleiro e ainda alfinetou a caligrafia do responsável pelo bilhete.

"Claro que você não ter certeza disso porque você não é a pessoa que mandou o bilhete e nem a que o recebeu para saber o que foi combinado antes do jogo, mas por que mandar um bilhete desses no meio do jogo?", perguntou o apresentador Luciano Amaral.

"Para acertar o posicionamento de alguém do time. O que eu interpretei do bilhete é que foi uma orientação para o Weverton na saída de bola, na reposição, de uma mudança de posicionamento dos atletas de meio-campo", explicou Hofman.

Na sequência, o comentarista usou um campinho para reproduzir as instruções do bilhete. Hofman espalhou setinhas pela tela e explicou que, no caso de Felipe Melo, as orientações são sobre cobertura.

"Você está reproduzindo o bilhete igualzinho", espantou-se Luciano.

"Só não vou escrever a frase", brincou Gustavo, que seguiu a análise:

"Entre o Gustavo Gomez e o Luan está escrito Vagner, que é o posicionamento do Vagner Love. Então, na prática, o que o bilhete quis dizer, para mim, é que é uma orientação de posicionamento nova do Bruno Henrique com o Felipe Melo, passada para o Weverton na reposição de bola".

Além de explicar as instruções de Felipão, Hofman ainda brincou com a caligrafia presente no bilhete. "Mas, que o 'V' parecia um 'W', isso parecia", soltou.

Com o empate, o Palmeiras segue na segunda colocação do Brasileirão, a quatro pontos do Santos. O alviverde volta a campo no fim de semana, quando encara o Bahia.

UOL Esporte vê TV