Topo

Presidente do Inter promete análise de imagens de agressão no Gre-Nal

Do UOL, em Porto Alegre

21/07/2019 11h44

O presidente do Internacional, Marcelo Medeiros, se manifestou na manhã de hoje sobre a agressão sofrida por uma torcedora do Grêmio após o clássico de ontem que terminou empatado por 1 a 1 no Beira-Rio. O ato, flagrado em imagens, mostra a torcedora sendo empurrada após erguer uma camisa do Tricolor nas cadeiras do estádio do Inter. Ela estava acompanhada por uma criança. Segundo o mandatário, as imagens serão analisadas para eventuais punições.

"Lamentamos o triste episódio ocorrido ao final do clássico Gre-Nal. No mínimo, não houve bom senso e compostura dos adultos envolvidos em preservar uma criança diante do momento. Para abrandar a situação tensa, o funcionário do clube conduziu a retirada da mãe e da criança com segurança até a saída do estádio, devolvendo a camisa", explicou Medeiros em seu perfil do Twitter.

"O clube está realizando a checagem das imagens para verificar todo o episódio. Assim, tomará as medidas cabíveis para eventuais punições tanto a torcedores quanto a funcionários da casa, conforme estatuto", continuou.

"O Internacional, como Clube do Povo, tem tradição de receber todos e todas. A festa do futebol deve ser sempre exemplo de garra e disputa, mas, acima de tudo, de respeito. As futuras gerações esperam isso de todos nós", completou.

Através de seu perfil no Instagram, o atacante Everton iniciou, na noite de ontem, uma busca pelo contato do menino e a mãe. O Departamento de Torcidas do Grêmio (DTG) também disse que iria entrar em contato com a vítima de agressão.

Internacional