PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jogador francês rebate acusações de agressão da ex-namorada Pamela Anderson

Adil Rami - Laurence Griffiths/Getty Images
Adil Rami Imagem: Laurence Griffiths/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

30/06/2019 15h55

Adil Rami rebateu as declarações da ex-namorada, a atriz e modelo Pamela Anderson. O zagueiro Olympique de Marseille usou redes sociais ontem (29) para classificar como falsas as acusações de agressões domésticas e traições.

"Eu gostaria de dizer que essas acusações de violência são completamente falsas e não posso deixá-las vivas", escreveu Rami no Instagram.

"Eu me mantive em silêncio porque estava chocado e não podia falar sem que tivesse interpretado cada palavra. Eu fiquei alucinado porque isso tudo é muito horrível, aqueles que me conhecem sabem quem eu sou e quais são os meus princípios, sabem que é impossível que eu seja capaz de fazer algo assim. Se ela queria me machucar, ela escolheu muito bem. Ela sabe que os meus compromissos com a causa da violência contra mulheres são muito importantes para mim", completou o jogador.

Na última terça-feira (25), Pamela Anderson anunciou o fim do relacionamento com Rami. Dois dias depois, a atriz tornou públicas confidências nas quais diz que o ex-namorado cometeu abusos físicos e psicológicos contra ela.

As acusações foram feitas em uma troca de mensagens entre Pamela e uma outra mulher com quem Rami teve relacionamento e é identificada como S. pela atriz. Segundo a imprensa americana, trata-se de Sidonie Biémont, com quem Adil Rami teve dois filhos em 2016.

Adil Rami, de 33 anos, atua no Olympique de Marselha desde 2017. Antes disso, ele defendeu Sevilla e Milan. O jogador fez parte da seleção francesa que conquistou a Copa do Mundo na Rússia no ano passado.

Futebol