Topo

Seleção Brasileira


Defesa de Neymar reitera tentativa de extorsão e diz que comunicou Polícia

Do UOL, em São Paulo (SP)

05/06/2019 13h20

Os advogados de Neymar, Davi Tangerino e Salo de Carvalho, responderam no início da tarde de hoje (05) às acusações de José Edgard Cunha Bueno, ex-advogado da mulher que acusa Neymar de estupro. A defesa do craque do Paris Saint-Germain reiterou a tentativa de extorsão e emitiu uma nota de repúdio depois das declarações públicas de Bueno.

Para defender a própria posição, a defesa de Neymar exibe um print de uma conversa no Whatsapp, defendendo que José Edgard Bueno iniciou o contato com Neymar pai. Não há a identificação do contato do advogado que fazia a defesa da mulher, no entanto.

"Neymar, boa tarde. Espero que esteja tudo bem. Aqui é José Edgard Bueno, [nome censurado], falou ao meu respeito. Ele disse que você estaria disponível para uma conversa hoje aqui em São Paulo, por volta das 18h. Veja o que é mais confortável para você. Irei sozinho. Posso te encontrar ou se você preferir vir ao meu escritório, ele fica na Faria Lima. Veja o que funciona melhor para você. Obrigado pela atenção, Zé Edgard", diz a mensagem exposta pela defesa de Neymar.

"Olá, estarei em São Paulo. Se for possível e puder me encontrar na [endereço censurado na imagem]", responde o pai do camisa 10 do PSG.

"Combinado, te encontro lá às 18h",confirma o antigo advogado da suposta vítima.

Em entrevista ao UOL Esporte, o próprio Bueno se esquivou sobre quem marcou a reunião que marca, segundo Neymar pai, a tentativa de extorsão por parte da mulher responsável por acusar o jogador da seleção brasileira.

"Aí é jogo de palavra. é absolutamente irrelevante quem convidou quem. O fato é que nós entabulamos uma conversa para tratar do assunto e ele (Neymar pai) me convidou para ir pra casa dele, talvez tenha sido essa a questão, questão de palavras. Se o cara não quisesse me receber não tinha me chamado para ir na casa dele. Eu pedi a reunião, ele já sabia do assunto, falei pode ser no meu escritório, e ele me convidou para ir lá", disse.

Confira a nota completa:

Em resposta à Nota divulgada pelo escritório Fernandes e Abreu, veiculada no Jornal Nacional da Rede Globo (04/06) e no Bom dia Brasil (05/06), a assessoria jurídica de Neymar Jr. vem dizer que, ao contrário do veiculado, o Sr. Neymar da Silva Santos, pai do jogador, foi procurado pelo Dr. José Edgard Cunha Bueno no dia 29/05, que requisitou agendamento de reunião, como fica claro na mensagem abaixo. A iniciativa para realização do encontro sempre partiu do citado advogado.

Também importante reforçar que, na reunião, o advogado apresentou um inaceitável pedido de "cala boca", prontamente rejeitado. O pedido de dinheiro foi presenciado não por uma, mas por três testemunhas. Por fim, esclarecem que tal fato foi comunicado à autoridade policial e que as testemunhas se encontram à disposição.

Mais Seleção Brasileira