Topo

Futebol


Polícia do RJ espera concluir inquérito contra Neymar em um mês

Léo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

05/06/2019 04h00

O delegado Pablo Sartori, da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), espera concluir o caso do vazamento da conversa íntima de Neymar com uma mulher em um mês, prazo mínimo para um primeiro encaminhamento. Sartori considera a questão simples de ser resolvida pelo fato não apresentar grande complexidade e pelo jogador ser uma pessoa pública. Sua ideia é remeter o inquérito para o promotor que cuidará da matéria sem pedir prorrogação de tempo prevista em lei.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.

Futebol