Topo

Vasco supera vaias, vence Bangu e encara o Flamengo na final do Carioca

Do UOL, no Rio de Janeiro

07/04/2019 18h01

O Vasco venceu o Bangu por 2 a 1 e enfrentará o Flamengo na final do Campeonato Carioca. Após um primeiro tempo muito ruim em que foi dominado pelo adversário e vaiado pela própria torcida, o Cruzmaltino se superou e conseguiu o triunfo mesmo tendo a vantagem do empate.

Bruno César abriu o placar em cobrança de um pênalti que só foi identificado com ajuda do VAR (assistente de vídeo). Yaya Banhoro conseguiu o empate no minuto seguinte e deixou o jogo em aberto. Yan Sasse, porém, não demorou a fazer o segundo e definir a vitória.

A final do Campeonato Carioca ocorrerá em dois jogos. O primeiro será no próximo domingo, e o segundo no dia 21. Não há vantagem nesse estágio e, em caso de empate, o título será definido nas cobranças de pênalti.

Os melhores: Raúl e Jairinho

Vaiado no primeiro tempo, o Vasco voltou para o segundo com uma alteração no time. Raúl na vaga de Bruno Silva. Foi o suficiente para o time mudar para melhor e conquistar a vitória. Jairinho também merece o elogio. Apesar de derrotado, teve grande atuação pelo Bangu

O pior: Tiago Reis

As boas atuações o deixaram em destaque. O centroavante, no entanto, não conseguiu repetir o desempenho. Muito pelo contrário. Brigou com a bola e teve pior aparição pelo Vasco.

Vasco leva susto e cobrança da torcida

Com a vantagem do empate, o Vasco parecia jogar em marcha lenta. O Bangu, por outro lado, estava decidido a surpreender o adversário. O Vasco ficava com a bola, mas pouco atacava. O Bangu apostava nos contra-ataques e quase abriu o placar em chute de longe de Anderson Lessa. Imediatamente a torcida do Cruzmaltino reagiu e pediu para equipe começar a jogar.

Bangu domina ações e perde chances

De nada adiantou. O Bangu seguia melhor no jogo e era quem estava mais próximo de abrir o placar no Maracanã. Com jogadores ligados, o time teve a melhor chance em jogada envolvente. De pé em pé, a bola chegou dentro da área para Felipe Dias finalizar mal para a defesa de Fernando Miguel.

Valentim faz troca e irrita torcida

Aos 27min do primeiro tempo, Rossi sentiu uma lesão na coxa direita e teve que ser substituído. O técnico Alberto Valentim, então, escolheu Yan Sasse para a vaga. A torcida se irritou imediatamente, pois havia outros atletas mais gabaritados como Pikachu e até o jovem Lucas Santos. Sasse entrou e levou cartão amarelo no primeiro toque na bola. Os vascaínos explodiram nas arquibancadas com muitos xingamentos ao comandante.

Fernando Miguel salva

O desempenho do Bangu seguiu melhor até os minutos finais do primeiro tempo. Tanto que o grande nome do primeiro tempo do Vasco foi Fernando Miguel. O goleiro foi fundamental para segurar o adversário e manter o time vivo para uma nova história no segundo tempo. A última ação ocorreu em boa jogada finalizada por Yaya.

Vasco abre placar de pênalti com VAR

O VAR chegou para revolucionar o futebol e deixou claro aos 7min do segundo tempo. Após cobrança de escanteio, o Vasco cabeceou para fora. Antes que a bola voltasse ao jogo, o VAR chamou a arbitragem e indicou falta em Lucas Mineiro, que teve a camisa puxada. Bruno César bateu com categoria e abriu o placar.

Bangu empata em contra-ataque de almanaque

O Bangu não desistiu e mostrou estar vivo no jogo no minuto seguinte. Em contra-ataque de almanaque, o empate chegou rápido. Jeferson Paulino lançou com extrema qualidade. Jairinho dominou, esperou passagem de Dieyson que cruzou na medida para Yaya Banhoro estufar as redes: 1 a 1.

Vaiado, Yan Sasse tem redenção e faz segundo do Vasco

Yan Sasse foi o escolhido por Valentim para substituir Rossi, lesionado. A torcida não gostou e vaiou o atleta na entrada. A tarde era de redenção. O meia fez grande jogada em momento delicado do jogo e chutou forte para vencer Jeferson Paulino e fazer o segundo do Vasco.

Confusão marca fim de jogo

No fim do jogo, com a vitória definida, o Vasco decidiu prender a bola no escanteio e Lucas Santos sofreu uma dura falta. Foi o ponto inicial para uma confusão generalizada que terminou com distribuições de cartões amarelos para ambas as equipes.

VASCO 2 X 1 BANGU

Data e hora: 07/04/2019, domingo, às 16h (de Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes Miranda
Auxiliares: Michael Correia e Carlos Henrique Alves de Lima Filho
Cartões amarelo: Rossi e Yan Sasse (VAS) Felipe Dias (BAN)
Gols: Bruno César, aos 7min, Yaya Banhoro, aos 10min, e Yan Sasse, aos 14min do segundo tempo

Vasco
Fernando Miguel; Cáceres, Werley, Ricardo e Danilo Barcelos; Bruno Silva (Raúl), Lucas Mineiro e Bruno César (Lucas Santos); Marrony, Rossi (Yan Sasse) e Tiago Reis
Técnico: Alberto Valentim

Bangu
Jefferson Paulino, João Lucas, Anderson Penna, Rodrigo Lobão, Dieyson, Felipe Dias (Tchô), Marcos Júnior, Alex Chander (Robinho), Yaya Banhoro, Anderson Lessa e Jairinho
Técnico: Ado Souza