PUBLICIDADE
Topo

Futebol

De mão cheia! Cruzeiro dá show, goleia Patrocinense e vai à semi do Mineiro

Pedro Vale/AGIF
Imagem: Pedro Vale/AGIF

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

23/03/2019 20h50

O Cruzeiro é o primeiro semifinalista do Campeonato Mineiro e presenteou sua torcida com uma apresentação de mão cheia. Na noite de hoje, a equipe celeste recebeu o Patrocinense no Mineirão e fez muito bem seu dever de casa, vencendo o jogo único por nada menos que 5 a 0, carimbando sua vaga na próxima fase.

A partida celeste praticamente não teve erros, a classificação começou a ser construída logo cedo, com Fred. Rodriguinho aumentou a conta ainda no primeiro tempo. Na etapa final, Marquinhos Gabriel marcou dois gols relâmpagos antes de Rodriguinho novamente fechar a conta.

Com a goleada, o Cruzeiro passa a ter não só a melhor defesa, mas também o melhor ataque do estadual. Ainda neste sábado, Boa Esporte e Tombense fazem o segundo jogo da noite pelas quartas de final da competição. Amanhã, duas partidas completam a chave: também no Mineirão, o Atlético recebe o Tupynambás, enquanto o América pega a Caldense, no Independência.

O melhor: apesar de tantos jogadores se destacando positivamente na partida, nada mais justo que dar os méritos também ao comandante de todos eles. Guardadas as circunstâncias, Mano Menezes segue provando como o time do Cruzeiro está bem treinado e com forte entrosamento entre seus atleas.

Patrocinense começa disposto, mas erro fatal termina em gol de Fred

Diferente da maioria dos visitantes, o Patrocinense começou a partida mostrando disposição e batendo de frente com o Cruzeiro. Nos primeiros minutos a equipe deu seu cartão de visitas e mostrou que não ficaria apenas na defesa. Mas foi lá mesmo que um vacilo colocou por terra o sonho da classificação. Tony Galego tentou sair jogando, Rodriguinho roubou a bola e entregou para Robinho, que rapidamente serviu Fred. O centroavante já recebeu finalizando para o gol e abrindo caminho da vitória estrelada.

Cada vez mais entrosado, Rodriguinho joga leve e faz o segundo

Uma coisa não se pode negar sobre o time de Patrocínio. Covarde, a equipe do interior não foi. Depois de levar o primeiro gol, os jogadores tentaram manter a calma e colocar a bola no chão. Sem nada a perder, o Patrocinense ainda avançou um dos seus defensores para tentar anular as triangulações e infiltrações da Raposa. Só que, mais uma vez, o time foi alvo da alta competência técnica do Cruzeiro, agora com o talento individual. Rodriguinho recebeu na entrada da área, superou dois adversários no primeiro corte, passou por mais um e deu de biquinho na chegada do quarto homem. Bonito gol do recém contratado que continua voando e jogando como se já estivesse no clube há meses.

Nada muda após o intervalo, e Marquinhos Gabriel faz dois gols em 1'50''

Sem forçar o ritmo, o Cruzeiro não tirou o pé e continuou avassalador no segundo tempo. Marquinhos Gabriel, que não estava mal, mas foi ofuscado pelos companheiros, voltou inspirado do vestiário e marcou nada menos que dois gols em menos de dois minutos. Na primeira volta do ponteiro, o meia invadiu a área e bateu cruzado para aumentar o placar. No lance seguinte, Fred deixou o companheiro na cara do gol. Desta vez, o gol foi marcado com requintes de crueldade, tocando sutilmente de cavadinha por cima do goleiro Jefferson.

Expulso? Mano aproveita goleada para deixar o campo e ir ao banheiro

Não foi a primeira partida que Mano Menezes deixou o campo de jogo para se dirigir aos vestiários do Mineirão. Por volta de 25 minutos do segundo tempo, teve gente que até pensou que ele havia sido expulso. Mas o técnico fez questão de pedir uma licença ao quarto árbitro para ir ao banheiro e ficar ausente por mais ou menos três minutos. Neste meio tempo, Sidnei Lobo ocupou a beira do gramado e orientou seus atletas.

Cruzeiro esbanja entrosamento e faz partida praticamente impecável

Durante todo o jogo, o Cruzeiro mostrou bastante movimentação por parte de seus jogadores, funcionando bem desde a marcação, tomada e saída de bola até as inversões de jogadas e triangulações, dando vários sinais de uma equipe bem treinada e entrosada independente dos jogadores. Isso ficou visível também após as três mudanças de Mano. O suplente David buscou o também reserva Sassá dentro da área. Na sobra, Rodriguinho ficou com o gol livre e fechou a conta. 5 a 0 placar final.

Cruzeiro 5x0 Patrocinense

Motivo: Quartas de final, Campeonato Mineiro
Data/Hora: 23/03/2019, às 19h (de Brasília)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Ronei Cândido Alves
Assistentes: Frederico Soares Vilarinho e Marcyano da Silva Vicente

GOLS: Fred, 7'1ºT (1-0), Rodriguinho, 22'1ºT (2-0), Marquinhos Gabriel, 1'2ºT (3-0), 3'2ºT (4-0), Rodriguinho, 29'2ºT (5-0)
Cartões amarelos: Mauro Viana, Dedê (PAT)
Cartão vermelho: Não teve.
Público/Renda: 9.831 pagantes/19.998 presentes/R$168.075,00.

CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Léo, Dedé e Egídio; Lucas Silva, Lucas Romero; Rodriguinho, Marquinhos Gabriel (Jadson - 30'2ºT), Robinho (David - 23'2ºT); Fred (Sassá - 23'2ºT). Técnico: Mano Menezes.

PATROCINENSE: Jeferson; Kellyton, Juninho, Betão e Lucas Chinaqui (Ian Barreto - 23'2ºT); Mauro Viana (Leandro Oliveira - Intervalo), Arilson, Bruno Moreno e Tony Galego (Maikon Aquino - 36'2ºT); Dedê e Felipe Alves. Técnico: Rodrigo Fonseca.

Futebol