PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Mano quer Cruzeiro mais versátil para suprir carência de um velocista

Vinnicius Silva/Cruzeiro
Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

03/03/2019 04h00

Durante o final de ano e a pré-temporada, falou-se muito da necessidade do Cruzeiro em encontrar um atacante velocista para os lados do campo. A diretoria buscou nomes, mas ainda não conseguiu reforçar o setor. A falta de um velocista parece não incomodar tanto o técnico Mano Menezes. Para ele, o principal objetivo neste momento é que seus jogadores saibam jogar com as características que os companheiros apresentam.

No atual elenco, David é o único que se encaixa na condição de velocista. Neste início de ano, um edema na coxa o tirou das últimas partidas, e Mano utilizou Rafinha ou Marquinhos Gabriel, ambos com características diferentes. Para o treinador, é preciso que o time aprenda melhor como usufruir do ponto forte dos substitutos. Mano ainda lembra que Arrascaeta, antigo dono da posição, não tinha a velocidade como maior virtude.

"Temos que encontrar soluções, não adianta chorar. Se não temos velocidade de deslocamento, temos que encontrar velocidade de passe, de jogo, temos que ter mais entrosamento, temos que entender qual time temos, as características dos jogadores que temos, para usar essas características. Acho que o Cruzeiro não perdeu muita velocidade para cá. Qual foi o jogador que perdemos para o time titular? O Arrascaeta, que não era considerado um velocista", falou.

As buscas do Cruzeiro pelos reforços foram longas. No ano passado, o clube mirou em Bruno Henrique, hoje no Flamengo. O time também chegou a analisa a situação do ex-palmeirense Keno. Mais recentemente, a equipe também chegou a fazer uma proposta para tentar trazer o atacante Everaldo, atualmente emprestado para o Fluminense, e que pertence ao Velo Clube.

"O Cruzeiro sempre tem que estar atento ao mercado, isso é obrigação de um clube grande, do nosso porte. Isso acontece sempre, mas temos que encontrar o jogador certo, a possibilidade certa, com condição e probabilidade de parte do mercado. Jogador para estar aqui tem que trazer consigo algum nível de capacidade. Para chegar e ser acréscimo, precisa desse alto nível. E este alto nível custa caríssimo, porque está cada vez mais raro de encontrar. Quem tem, não libera", encerrou o treinador.

Cruzeiro