PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

"Laranjinha e acerola", Paquetá e Vini Jr. chegam ao auge com lema próprio

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

01/03/2019 04h00

Vinicius Júnior e Lucas Paquetá têm uma relação de irmãos. Os jovens, de 18 e 21 anos, respectivamente, se tornaram amigos na base do Flamengo e foram vendidos por cifras milionárias para gigantes europeus. E, pouco tempo depois de deixarem o clube do coração, já estão na seleção brasileira principal. Os dois foram convocados pelo técnico Tite para os amistosos de março, os últimos antes da lista para a disputa da Copa América. Será mais um capítulo da história dos parceiros "Laranjinha e Acerola", que possuem até uma espécie de lema nas respectivas carreiras.

Ainda que tenham se separado quando Vinicius Júnior deixou o Flamengo para jogar no Real Madrid, os dois sempre acreditaram que atuariam juntos de novo em um futuro próximo. O que talvez não imaginavam é que fosse tão rápido. Hoje, ambos são peças importantíssimas em seus clubes e vistos como símbolos de uma necessária renovação na seleção brasileira.

Curiosamente, o sonho de alcançar importante etapa no projeto de disputar uma Copa do Mundo veio em conjunto, da mesma forma que brilharam nos profissionais do Flamengo, dividiram quartos nas concentrações e trocaram conselhos quando o futebol se apresentou definitivamente como a profissão que traria sustento aos familiares.

No Flamengo, a dupla teve um apoio importante na época da promoção ao elenco principal. Jogadores experientes deram uma série de diretrizes. O principal no processo foi o veterano zagueiro Juan, próximo de encerrar a carreira. Foi com ele que Vinicius Júnior dividiu o quarto na concentração logo nos primeiros jogos. Depois, voltou a ficar ao lado do amigo Paquetá.

Laranjinha (Darlan Cunha) e Acerola (Douglas Silva) eram os protagonistas de "Cidade dos Homens", série que ficou no ar na Globo durante 2002 e 2005 - Divulgação/TV Globo - Divulgação/TV Globo
Laranjinha e Acerola: personagens utilizados por Lucas Paquetá e Vinicius Júnior nas brincadeiras
Imagem: Divulgação/TV Globo

Os meninos da base rubro-negra levaram a brincadeira de criança para o futebol. E deu certo. Eles possuem uma espécie de lema. Ainda que o esporte seja a profissão escolhida, a dupla conduz as coisas na base do "brinque com a bola". É assim que sempre se incentivaram. Trazendo leveza para a pressão com a qual se acostumaram desde cedo.

As inúmeras histórias vividas, algumas delas engraçadas, renderam comparações dos próprios com Laranjinha e Acerola, personagens interpretados pelos atores Darlan Cunha e Douglas Silva no seriado Cidade dos Homens. É assim que eles se chamam em momentos de brincadeira e mostram que de forma leve tentarão repetir a história de sucesso até aqui. Desta vez, porém, no auge da carreira para o momento: a seleção brasileira principal.

Confira a lista completa:

Goleiros
Alisson (Liverpool-ING)
Ederson (Manchester City-ING)
Weverton (Palmeiras-BRA)

Laterais
Alex Sandro (Juventus-ITA)
Danilo (Manchester City-ING)
Daniel Alves (PSG-FRA)
Filipe Luis (Atlético de Madri-ESP)

Zagueiros
Eder Militão (Porto-POR)
Marquinhos (PSG-FRA)
Miranda (Inter de Milão-ITA)
Thiago Silva (PSG-FRA)

Meio-campistas
Allan (Napoli-ITA)
Arthur (Barcelona-ESP)
Casemiro (Real Madrid-ESP)
Fabinho (Liverpool)
Felipe Anderson (West Ham-ING)
Lucas Paquetá (Milan-ITA)
Philippe Coutinho (Barcelona-ESP)

Atacantes
Everton (Grêmio-BRA)
Roberto Firmino (Liverpool-ING)
Gabriel Jesus (Manchester City-ING)
Richarlison (Everton-ING)
Vinicius Júnior (Real Madrid-ESP)

Seleção Brasileira