PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Vinícius Jr e Lucas Paquetá comemoram convocação: "Do jeito que sonhamos"

Vinicius Jr e Lucas Paquetá comemoram convocação para seleção brasileira - Reprodução
Vinicius Jr e Lucas Paquetá comemoram convocação para seleção brasileira Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

28/02/2019 12h51

Ex-jogadores do Flamengo, Vinicius Júnior e Lucas Paquetá voltarão a se encontrar dentro de campo. Os dois foram convocados pelo técnico Tite para os amistosos da seleção brasileira contra Panamá e República Tcheca, que acontecerão em março.

Assim que souberam da notícia, os dois foram às redes sociais comemorar. "E lá vamos nós, do jeito que sonhamos", escreveu Paquetá, junto com uma foto em que aparece sendo abraçado por Vinicius Júnior.

"E vamos juntos conquistar o que sonhamos", respondeu o atacante do Real Madrid.

Vinicius júnior, por sua vez, escreveu uma longa mensagem em seu Instagram, agradecendo a convocação.

"Um dia que vou lembrar pra sempre. Quase dois anos de profissional e no jogo de ontem chegando aos 100 jogos com apenas 18 anos! Hoje, fui convocado pra seleção brasileira onde vou representar o meu país pela primeira vez. Confesso que fico feliz, mas surpreso com a velocidade de tudo que vem acontecendo na minha vida e agradeço a todos que de alguma forma me ajudaram pra eu chegar até aqui mesmo tão novo!", disse.

"E um agradecimento especial a minha família que sempre me dá o suporte pra eu somente pensar em jogar futebol e ser feliz! Obrigado a todos de coração por cada mensagem! Foco, determinação e muito trabalho... O sonho continua!", completou

A convocação divulgada hoje, primeira de 2019, é a última antes da lista oficial para a disputa da Copa América, que será realizada em junho, no Brasil. Tite disse que ainda não há qualquer definição sobre os nomes que vão jogar a competição continental.

O Brasil enfrenta o Panamá, em Portugal, no dia 23 de março. Já no dia 26, a seleção encara a República Tcheca, em Praga.

Tite convoca Vinícius Jr. e Paquetá para amistosos da seleção brasileira

UOL Esporte

Futebol