PUBLICIDADE
Topo

Real Madrid

Vinicius Jr. aparece como ninguém no Real, mas ainda não aproveita chances

Vinicius Júnior, durante partida entre Real Madrid e Barcelona - JAVIER SORIANO / AFP
Vinicius Júnior, durante partida entre Real Madrid e Barcelona Imagem: JAVIER SORIANO / AFP

Gustavo Setti

Do UOL, em São Paulo

28/02/2019 04h00

Vinicius Júnior foi o destaque do Real Madrid e ganhou elogios mesmo com a derrota de ontem por 3 a 0 contra o Barcelona, mas com um porém: gols perdidos. As arrancadas e as jogadas de habilidade no ataque já garantiram uma vaga de titular no ataque do time merengue, mas a falta de pontaria é o grande problema do jovem atacante em sua primeira temporada na Europa.

Contra o Barça, Vinicius criou grandes oportunidades, mas perdeu três gols só no primeiro tempo. Na etapa final, deixou Piqué no chão em bela jogada individual, mas, do outro lado, foi o Barça quem avançou para a final da Copa do Rei.

Aos 18 minutos da primeira etapa, o brasileiro recebeu de Benzema e chutou para fora na primeira finalização do jogo. Pouco depois, aos 22, chutou em cima de Ter Stegen em boa saída do goleiro. Já na reta final, foram mais duas chances: aos 36, Vinicius recebeu em profundidade, mas perdeu o controle da bola e bateu travado. Logo na sequência, o ex-flamenguista chutou de primeira por cima após cruzamento rasteiro de Reguilón.

Vinicius ainda seguiu como o melhor em campo pelo Real no segundo tempo. O ex-Flamengo criou outra boa chance. Ele fez bela jogada individual, deixou Piqué no chão e bateu com desvio para fora. 

Depois do jogo, os jornais espanhóis lamentaram as chances desperdiçadas pelo jogador, mas não o culparam pela derrota. "Vinicius voltou a ser o melhor argumento ofensivo do Madrid no primeiro tempo, mas pecou de novo na última ação, algumas vezes se equivocando em buscar o chute, outras errando na finalização. Sua jogada no segundo tempo foi uma brutalidade em Busquets, Piqué e Semedo", publicou o Marca.

Vinicius deu adeus à Copa do Rei na semifinal como grande destaque do time merengue na competição. O brasileiro liderou o Real no torneio em assistências (6), participação em gols (8) e minutos (639).

No Campeonato Espanhol, são dois gols em 14 jogos, mas falta pontaria. De acordo com o site Who Scored, ele é o terceiro do time que mais finaliza, com média de 2,2 chutes por jogo, atrás apenas de Bale (média de 3,1) e Benzema (2,7). O galês tem sete gols em 20 jogos na competição, contra 11 gols em 25 partidas do francês.

Rafael Reis comenta vitória do Barcelona sobre o Real e elogia Vinícius Jr.

UOL Esporte

Real Madrid