PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Atlético-MG busca reforços, mas vê dificuldade em tê-los na Libertadores

Sérgio Sette Câmara, presidente do Atlético-MG, fala sobre a chegada de reforços ao clube - UOL
Sérgio Sette Câmara, presidente do Atlético-MG, fala sobre a chegada de reforços ao clube Imagem: UOL

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

28/02/2019 04h00

O Atlético-MG não deve ter novidades na lista de inscritos para a Libertadores. Em negociação com Ángel Romero e Jobson, o clube não crê que seja possível fechar com a dupla antes do prazo estipulado para a estreia no Grupo E, diante do Cerro Porteño, do Paraguai, em 6 de março (quarta-feira).

O Galo planeja enviar a lista ainda hoje à Conmebol para não ter problema semelhante ao da Fase 2 do torneio, quando foi multado em US$ 15 mil por irregularidades na inscrição de jogadores. A CBF assumiu a culpa e ressarcirá o clube. No entanto, a diretoria acredita que não há tempo hábil para ter novos atletas na lista.

"Não vou mentir para você, até tentamos e estamos conversando algumas situações. Mas para essa inscrição, acho que vai ser muito difícil. Acho que para a fase de grupos a gente não vai conseguir trazer nenhum reforço. Vamos inscrever atletas que estão no nosso elenco", disse o presidente Sérgio Sette Câmara.

O Atlético inscreveu 25 atletas para enfrentar Danubio e Defensor Sporting, ambos do Uruguai. Agora, na fase de grupos, o clube terá direito a colocar mais cinco jogadores. Os escolhidos para a etapa seguinte do torneio já estão no próprio elenco comandado por Levir Culpi.

O treinador também fala sobre o assunto e adota cautela: "Essa é uma situação um pouco delicada para resolver. Temos que resolver amanhã, o último prazo. Temos que colocar cinco", declarou.

Atlético-MG