PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Cazares não vê mudança brusca no Atlético-MG sem Chará: "mesma tática"

Juan Cazares, meia do Atlético-MG, fez análise sobre o empate em 0 a 0 com o Defensor Sporting - Bruno Cantini/Atlético-MG
Juan Cazares, meia do Atlético-MG, fez análise sobre o empate em 0 a 0 com o Defensor Sporting Imagem: Bruno Cantini/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

27/02/2019 23h38

Juan Cazares não viu tanta mudança na forma de jogar do Atlético-MG com a entrada de Zé Welison na vaga de Chará no empate em 0 a 0 contra o Defensor Sporting, do Uruguai, pela volta da Fase 3 da Copa Libertadores da América.

O meia-atacante crê que, enquanto o Galo teve 11 em campo - Zé Welison foi expulso aos 10 minutos do segundo tempo -, a forma de jogar foi semelhante à que a equipe tinha anteriormente.

"Era quase a mesma tática, com o Elias pela esquerda e o Luan pela direita. A gente correu, lutou, se cansou. Agora estamos na fase de grupos", disse ao fim da partida.

O Galo vinha atuando com Chará e Luan pelas pontas. No entanto, no jogo de hoje, o técnico Levir Culpi optou pela entrada de Zé Welison no lugar do colombiano e colocou o volante na linha ofensiva.

O camisa 10 fala também sobre a atuação do Atlético no duelo desta noite. Ele crê que o time correu e lutou pelo resultado positivo.

"A gente correu, lutou, queríamos a vitória para a alegria da nossa torcida. O empate veio, saiu expulso o Zé, mas estamos na fase de grupos. É o mais importante", comentou.

Atlético-MG