PUBLICIDADE
Topo

Santos

Rodrygo estreia bem com Sampaoli e pode ser titular contra o Palmeiras

Siga o UOL Esporte no

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

19/02/2019 04h00

O técnico Jorge Sampaoli ganhou um reforço na partida de segunda-feira (18), na vitória do Santos sobre o Guarani por 3 a 0: o atacante Rodrygo. E o camisa 11, que entrou no segundo tempo, já estreou com o pé direito com o novo comandante e anotou o último gol do jogo, de cabeça, após cruzamento do paraguaio Derlis González.

O desempenho, somado à suspensão do volante Alison pelo terceiro cartão amarelo, credenciou o atacante a brigar por uma vaga no time titular já no clássico deste sábado, às 19h, contra o Palmeiras, no Allianz Parque, em São Paulo. Rodrygo surge como opção pois o treinador argentino gosta de atuar com dois atacantes rápidos na frente, como já fez com Soteldo e com Arthur Gomes ao lado de Derlis González.

Leia também

Para isso, Sampaoli recuaria Diego Pituca para a função de Alison e formaria o meio-campo com Carlos Sánchez, Jean Mota e Cueva, deixando Derlis e Rodrygo à frente. O argentino, inclusive, prometeu exigir comprometimento do Menino da Vila até o final de sua passagem pelo Santos, que se encerra em julho, quando o jogador se apresenta ao Real Madrid (ESP), que adquiriu seus direitos no meio do ano passado.

"Chegou com um cansaço do Sul-Americano. Mas ainda estamos nos conhecendo. Ele será muito importante para o Santos, é um jogador que se destaca. Ele precisa se comprometer nesses poucos meses que ficará no Santos, é obrigação. Estaremos em cima dele", disse em entrevista coletiva após a vitória de ontem.

O principal concorrente de Rodrygo pela vaga de Alison é o volante Jean Lucas, recém-chegado do Flamengo e que estreou diante do Guarani. Caso opte por essa troca, Sampaoli manteria o esquema com apenas Derlis à frente. No entanto, o técnico pediu diversas para Diego Pituca recuar para buscar o jogo no pé dos zagueiros durante o último jogo, o que mostra que não ficou satisfeito com o trabalho feito por Alison. Quando Pituca cumpriu o pedido, o Peixe melhorou.

Outra opção de Sampaoli seria mudar a formação do time e escalar a equipe com três zagueiros, mas essa parece a menos provável no momento, pois Luiz Felipe se recupera de lesão na coxa direita e não terá condições de jogo, situação semelhante a de Lucas Veríssimo, que ainda faz transição para o gramado.

Assim, se o argentino optasse por um defensor, precisaria promover a estreia profissional de Kaique Rocha, de 17 anos, ou de Wagner Leonardo, de 19, relacionado pela primeira vez ontem. Por se tratar de um clássico na casa do adversário, a hipótese se faz pouco provável.

O venezuelano Soteldo, que já poderia brigar por essa vaga, deve ficar mais uma vez fora do jogo por conta do limite de estrangeiros. O Peixe ainda não anunciou oficialmente a contratação do lateral-esquerdo Felipe Jonatan, do Ceará, e deve utilizar mais uma vez o colombiano Copete improvisado na lateral, já que Orinho não convenceu Sampaoli.

Assim, a equipe já contaria com cinco estrangeiros: Felipe Aguilar, Carlos Sánchez, Cueva e Derlis, além do próprio Copete. Caso o Santos consiga regularizar Felipe Jonatan a tempo, Soteldo também entra na briga pela vaga no time titular.

Santos