PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Gallardo lamenta, mas diz que eliminação não ofusca ano do River Plate

"Não quero buscar desculpas, porque essas derrotas ensinam muito", disse técnico - AFP PHOTO / Juan Mabromata
'Não quero buscar desculpas, porque essas derrotas ensinam muito', disse técnico Imagem: AFP PHOTO / Juan Mabromata

Do UOL, em São Paulo

18/12/2018 18h57

A eliminação do River Plate nas semifinais do Mundial de Clubes de 2018 foi um tapa na cara do técnico da equipe, Marcelo Gallardo. Em entrevista coletiva nesta terça-feira (18), após a derrota nos pênaltis para o Al Ain (EAU), Gallardo reconheceu que o time não rendeu como ele gostaria.

?Penso que a partida se desenvolveu de maneira bastante estranha. Começamos perdendo, depois de alguns minutos reagimos, conseguimos empatar e virar a partida. Tivemos um momento de apagão. No segundo tempo, quisemos de novo entrar no jogo?, analisou o técnico.

?O rival tem seu mérito - é claro, todos jogam. Nós também demos vantagens a eles. Isso acarretou com que não conseguíssemos definir o jogo quando estávamos ganhando. É muito difícil, e acho que disse isso nos últimos dias?, acrescentou.

Leia também:

A eliminação nos Emirados Árabes encerra prematuramente um momento de euforia do River. Nove dias antes, o time de Marcelo Gallardo vencia o Boca Juniors em Madri por 3 a 1 e conquistava o título da Copa Libertadores da América. Por isso, o treinador pede tempo para fazer uma avaliação dos sucessos e fracassos ao longo de 2018.

?Não quero buscar desculpas, porque essas derrotas ensinam muito. Assim como as grandes vitórias nos colocam em um pedestal, as derrotas são duras e ensinam?, disse Gallardo, indo além.

?É difícil fazer hoje uma avaliação do ano, porque ainda temos a dor da derrota. Isso gera um ânimo um pouco mais abaixo. Logo após a partida, é difícil (avaliar). Depois de alguns dias da competição, a análise do ano certamente será positiva. Conseguimos algo histórico, ganhar a Libertadores, e foi algo muito importante. Mas hoje, esse tapa na cara foi um motivo para nos colocar alertas. Isso nos ensina muito?, completou.

Apesar da eliminação prematura no Mundial, Gallardo afirma que o resultado ?não vai ofuscar o que conseguimos, que foi muito grande?. ?Mas estamos nos sentindo doloridos com a derrota de hoje?, emendou.

No sábado, o River volta a campo para disputar o terceiro lugar do Mundial. Pela frente, terá o time derrotado no duelo Real Madrid x Kashima Antlers pelas semifinais.

Futebol