PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Interesse em Luiz Adriano não muda cenário e Inter dá prioridade a Damião

Leandro Damião é tratado como prioridade independente da chegada de Luiz Adriano - RICARDO BARCELLOS/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Leandro Damião é tratado como prioridade independente da chegada de Luiz Adriano Imagem: RICARDO BARCELLOS/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

10/12/2018 04h00

O interesse do Internacional na contratação de Luiz Adriano não muda o cenário sobre Leandro Damião. Mesmo com a esperança de conseguir repatriar o atacante de 31 anos do Spartak Moscou, o Colorado quer a manutenção do comandante da linha de frente desta temporada. 

Leia mais

Sob a ótica da direção vermelha, há espaço para todos. Luiz Adriano, se for contratado, Leandro Damião e até Paolo Guerrero, que está impossibilitado de trabalhar por uma suspensão por doping e tem retorno previsto para abril. Além disso, até o meio de 2019 o clube ainda tem contrato com Jonatan Alvez. O uruguaio, porém, pode ser devolvido ao Junior de Barranquilla, da Colômbia. 

A permanência de Damião é vista como prioridade. Ao longo desta semana, uma nova bateria de reuniões com o agente do jogador, Vinícius Prattes, tende a encaminhar a situação. 

Depois de se assustar com a pedida inicial do atleta de 29 anos, as conversas evoluíram bastante e o acordo está prestes a ser selado. Damião ainda tem sondagens da Turquia e da Arábia Saudita. 

"Vamos conversar nesta semana, é uma situação que está caminhando, o Damião é nossa prioridade", disse o vice de futebol Roberto Melo ao UOL Esporte. "Damião foi muito importante no ano passado, e neste ano também", completou. 

O Internacional ainda entende que precisará de um grupo maior, de qualidade, e tem no Palmeiras o exemplo. Com elenco repleto de alternativas, o Alviverde disputou a Libertadores até a semifinal e foi campeão do Brasileiro. 

Damião ainda sofreu com alguns problemas clínicos em 2018. O principal deles foi o quadro de dores na cervical que o alijou de mais de dois meses de atividade. Ele fechou o ano com 32 jogos e 11 gols. 

Até então o atacante defendia o Internacional emprestado pelo Santos, mas o vínculo com o Peixe vence em 31 de dezembro. A negociação que se aproxima do fim será em definitivo. Pelo acordo, o Inter passa a arcar com o salário de Damião de forma integral e pagará um valor de luvas pela assinatura de contrato. 

Futebol