PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Galiotte quer mais 3 anos de Crefisa e promete reforços no Palmeiras

Zanotta, Perin, Galiotte, Buosi e Caliari: a chapa vencedora da eleição do Palmeiras - Divulgação
Zanotta, Perin, Galiotte, Buosi e Caliari: a chapa vencedora da eleição do Palmeiras Imagem: Divulgação

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

25/11/2018 04h00

A reeleição de Maurício Galiotte significa uma continuidade do que o torcedor do Palmeiras acostumou a ver nos últimos dois anos, ao menos no quesito estrutural. Ele prometeu tentar manter o máximo possível do atual elenco e anunciou que reforços pontuais virão "para tornar o time ainda mais forte".

O presidente já manifestou que quer renovar o contrato com a Crefisa. Desta vez, a renovação será feita por três anos por conta do novo estatuto alviverde que aumentou o tempo de mandato do presidente.

A tendência é que haja uma valorização do acordo, mas os números ainda não foram debatidos. A patrocinadora apenas sinalizou que pretende continuar a parceria.

Leila Pereira, dona da patrocinadora, também seguirá muito prestigiada no governo. No clube, já tratam a candidatura dela daqui a três anos como cartas marcadas. A empresária, por sua vez, prefere não confirmar.

Galiotte e seus pares levam pouco a sério a carta de intenções protocolada na última sexta-feira pela oposição com uma nova empresa interessada em pagar R$ 1 bilhão por um contrato de 10 anos.

No futebol, a estrutura também será a mesma. Alexandre Mattos também já sinalizou que pretende ficar e deve renovar seu vínculo, que vai até dezembro, por mais três temporadas.

Felipão tem contrato até 2020 e também seguirá seu trabalho. Galiotte se impressionou com o espírito de liderança do técnico e comemora a aposta pessoal no treinador.

Institucionalmente, o presidente reeleito vai manter o seu rompimento com a Federação Paulista de Futebol e já avisou que o Estadual pode ser usado como treino pela comissão técnica.

Futebol