PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Nunes vê Atlético-PR desgastado em Caracas e poupará contra o Paraná

Raphael Veiga foi decisivo em Caracas: meia pode ser poupado contra o Paraná - GERALDO BUBNIAK/AGB/ESTADÃO CONTEÚDO
Raphael Veiga foi decisivo em Caracas: meia pode ser poupado contra o Paraná Imagem: GERALDO BUBNIAK/AGB/ESTADÃO CONTEÚDO

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

20/09/2018 10h48

A vitória do Atlético-PR por 2 a 0 sobre o Caracas fora de casa, na partida de ida pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana, deu vantagem ao Furacão para avançar na competição, permitindo uma derrota até por 1 a 0 no dia 3 de outubro na Arena da Baixada, no jogo de volta. Mas o técnico Tiago Nunes assumiu que o time jogou de forma amarrada contra os venezuelanos e atribuiu a atuação a um desgaste da equipe por conta de uma maratona de jogos.

“Nos últimos 10 dias esse foi o quarto jogo nosso, tivemos um jogo a cada dois dias. A manutenção foi por conta do entrosamento, mas nós sabíamos que iríamos pagar um preço caro pelo desgaste e aconteceu”, disse o treinador, em entrevista coletiva, “Nós tivemos erros em algumas tomadas de decisões mais simples que normalmente nossos jogadores não erram, mas em função deste desgaste acabaram acontecendo”.

O resultado aproximou a equipe de uma vaga nas quartas de final: “É uma importante vantagem que nós construímos aqui, em cima do respeito que tivemos pelo adversário”, analisou. Se o Atlético avançar, haverá um duelo brasileiro na competição continental, com o vencedor da série entre Bahia x Botafogo.

No domingo (23), 16h, o Furacão faz o Derby paranaense contra o Paraná Clube pelo Brasileirão, na Arena. Nunes já anunciou que deverá poupar alguns jogadores neste jogo. “Necessariamente a gente precisa rodar o grupo, a gente precisa oportunizar que todos joguem pela questão física. Já temos um jogo no domingo, importante pela classificação no Brasileiro, temos que ter a calma para escolher os atletas que estão mais inteiros fisicamente para representar o clube”.

Futebol