PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mourinho teve ataque de ira no vestiário após derrota do United, diz jornal

Técnico José Mourinho tenta incentivar seus jogadores em jogo contra o Liverpool - Rui Vieira/AP Photo
Técnico José Mourinho tenta incentivar seus jogadores em jogo contra o Liverpool Imagem: Rui Vieira/AP Photo

Do UOL, em São Paulo

24/10/2017 10h34

De acordo com reportagem do jornal britânico "Daily Mail", a derrota do Manchester United para o Huddersfield por 2 a 1, nesse sábado (21), pelo Campeonato Inglês, foi tema de grande demonstração de ira do técnico José Mourinho no vestiário. O zagueiro Victor Lindelof, considerado culpado pelos gols do adversário, foi poupado.

Segundo o jornal, foi a primeira demonstração de raiva de Mourinho nessas proporções desde que o treinador assumiu comando do United. O ataque incluiu o casaco do português sendo jogado com toda a força no chão.

Além do ataque geral, vários defensores foram alvos de broncas individuais de Mourinho após a partida. Porém, Lindelof, que falhou nos dois gols do adversário segundo a imprensa local, foi surpreendentemente poupado pelo comandante.

"Não me lembro nem sequer de um amistoso em que nossa atitude foi tão ruim. Quando perco jogos, gosto de perder porque o adversário foi melhor e tinha mais qualidade. Mas quando você perde por causa da atitude é muito ruim", disse Mourinho, em coletiva após a partida.

"Ouvi Ander Herrera em entrevista dizendo que a atitude e o desejo foram ruins. Meu Deus, quando um jogador diz isso, ou um jogador sente isso, acho que todos deviam ir para a coletiva e explicar porque, porque eu não posso explicar isso. Me preocupa porque se aconteceu hoje, porque não pode acontecer amanhã?", questionou o técnico.

Foi a primeira vez que o Huddersfield, recém-promovido à primeira divisão do Campeonato Inglês, venceu o United em 65 anos. Com o resultado, a equipe agora está cinco pontos atrás do rival Manchester City, que lidera o torneio.

Futebol