PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Como Neymar virou fã do Warriors e amigo pessoal de Draymond Green

Reprodução
Imagem: Reprodução

João Henrique Marques

Do UOL, em Barcelona

30/08/2017 04h00

A televisão ligada de madrugada, a viagem como torcedor para os Estados Unidos, além de roupas, trejeitos e até uma tabela de basquete em casa. Neymar é consumidor assíduo da NBA. No apreço, virou fã do atual bicampeão Golden State Warriors e amigo pessoal do ala-pivô do time, Draymond Green.

Foi em uma viagem de Barcelona à Ibiza no mês passado que Neymar ofereceu carona ao jogador americano no jatinho particular. O convite foi aceito e a festa da dupla aconteceu em um barco, e posteriormente, em uma casa noturna.

“Eu gosto muito do Neymar. Temos uma relação boa, de risada e diversão. Para mim é uma honra ser amigo de uma pessoa tao talentosa e humilde” destacou Green, durante visita ao Barcelona no mês passado.

A amizade de Neymar com Green e a proximidade com outros jogadores do Golden State como Stephen Curry e Klay Thompson foi obra do brasileiro Leandro Barbosa, jogador do time de 2014 a 2016 – atualmente está no Phoenix Suns -. Leandrinho já era amigo pessoal de Neymar e iniciou os contatos com os outros companheiros do time compartilhando áudios e vídeos de Neymar comentando sobre os jogadores.

"Foi muito legal saber que o Neymar, um dos melhores atletas do mundo, nos admirava. Eu não esperava ver algo assim vindo dele e agora nos aproximamos. Gosto de acompanhar os jogos dele e trocar mensagens de apoio", disse Stephen Curry em entrevista recente à TV do PSG.

Curry e Neymar se encontram antes do jogo do PSG contra o Saint-Etienne - AFP PHOTO / GEOFFROY VAN DER HASSELT - AFP PHOTO / GEOFFROY VAN DER HASSELT
Imagem: AFP PHOTO / GEOFFROY VAN DER HASSELT
Curry comentou que assistiu a vitória do PSG por 3 a 0 contra o Saint-Étienne, na sexta-feira passada, no Parque dos Príncipes, em Paris, por conta da presença de Neymar. Era uma forma de retribuir o prestígio do brasileiro presente em jogos das finais da NBA de 2016 e 2017 – ambas contra o Cleveland Cavaliers -.

A temporada da NBA também é acompanhada por Neymar mesmo com muitos jogos sendo realizados na madrugada europeia. O jogador também chega a gravar partidas do Golden State Warriors para acompanhar no dia seguinte.

“São os caras que eu aprendi a gostar por causa do talento. Eu era fã do Chicago Bulls por conta do Michael Jordan, meu maior ídolo do basquete. Mas essa maneira como o Golden State joga me deixou fanático por eles”, comentou Neymar quando presente na final da NBA deste ano.

O fanatismo por Curry ainda leva o brasileiro a tentar imitar lances do armador. Neymar já postou vídeos brincando com o caso. Em casa, tanto em Guarujá como em Barcelona, o jogador tem uma tabela de basquete.

“O basquete também fez parte da minha infância. Não era só o futebol que eu jogava com os amigos no colégio. É que nunca tive tamanho para me aventurar”, brincou Neymar.

Futebol