PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Coutinho é avaliado, e médico vê dores nas costas como estresse: "liberado"

Philippe Coutinho foi o último a se apresentar à seleção brasileira - UOL
Philippe Coutinho foi o último a se apresentar à seleção brasileira Imagem: UOL

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em Porto Alegre (RS)

28/08/2017 13h14

Entre os jogadores programados para chegarem a Porto Alegre nesta segunda-feira (28), Philippe Coutinho foi o último a se apresentar. O jogador desembarcou em São Paulo por volta das 5h e optou por passar no Rio de Janeiro antes de se dirigir à capital gaúcha. O motivo: uma consulta com um médico antigo e de confiança para avaliar as dores nas costas.

Em uma consulta de pouco mais de meia hora, o doutor Michael Simoni “liberou” o atleta para atividades e explicou o motivo dos incômodos recentes.

“É uma questão emocional, de estresse. Por toda pressão e indefinição sobre o futuro. Algo normal. Clinicamente, no entanto, ele está liberado. Pode chegar na seleção, treinar, jogar”, disse o médico.

Responsável por tratar Coutinho em lesões de outras épocas, Simoni, que também é diretor médico do Fluminense, disse que o jogador queria apenas um “papo” com alguém de confiança. “Isso acontece, é normal. Nos conhecemos há muitos anos. Veio rápido e já seguiu para Porto Alegre”.

Philippe Coutinho, inclusive, informou à comissão técnica da seleção que iria se consultar com o seu antigo médico.

A expectativa é que o jogador se junte ao grupo da seleção antes do treino das 15h30 desta segunda, no CT do Grêmio. A seleção encara o Equador na próxima quinta-feira (31), na Arena do Grêmio.

Não se apresentaram ainda Giuliano, Taison, Marcelo, Casemiro e Roberto Firmino. Estes, no entanto, só participarão da atividade de terça-feira, no Beira-Rio.

Com os desfalques, Tite chamou 4 jogadores do sub-20 do Grêmio pra completar o treino: Gui Guedes (lateral esquerdo), Conrado (volante/lateral) e mais Jean Pyerre e Patrick (ambos meias)

Futebol