PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Técnico do PSG exalta Neymar: 'futuro do clube com ele é bom'

Do UOL, em São Paulo

23/08/2017 12h05

O técnico do PSG, Unai Emery, encheu Neymar de elogios. O treinador destacou o poder de transformação do time com a entrada do atacante brasileiro. Em duas partidas com Neymar em campo, o clube de Paris venceu as duas pelo Campeonato Francês.

“Só tem pontos positivos a chegada de Neymar. Acho que o futuro desse clube com ele é bom. Acho que todos os torcedores, todas as pessoas no clube, estão muito felizes por poderem jogar com Neymar. Eu quero uma equipe com a bola que veja uma chance de desestabilizar o oponente. Neymar pode nos ajudar neste objetivo”, declarou o treinador, em entrevista coletiva nesta quarta-feira.

Nesta sexta-feira, o PSG enfrenta o Saint-Étienne. Para essa partida, o time parisiense não contará com Lucas Moura, que se recupera de lesão.

Proteção a Neymar em Paris

Neymar em Paris tem rotina de chefe de Estado. Ainda hospedado em hotel no centro da cidade, o brasileiro convive com a presença de um guarda-costas por todos os lados. A segurança do Paris Saint-Germain também foi reforçada em treinamentos por conta do novo camisa 10.

Neymar já está há 19 dias no Le Royal Monceau de Paris, luxuoso estabelecimento localizado em área nobre, a apenas 500 metros do Arco do Triunfo, ponto turístico da cidade. E por lá também estão hospedados dois seguranças contratados pelo PSG para seguir os passos do jogador.

A figura do guarda-costas é feita em um revezamento entre os dois seguranças. Neymar só se desloca pela cidade em uma van guiada por um motorista particular – outro contratado pelo clube. E sempre com a presença de um dos dois seguranças no veículo.

Ainda em busca de uma casa, Neymar seguirá com a mesma rotina ao lado de um guarda-costas enquanto estiver no hotel. O PSG, responsável pelo pagamento da diária do jogador, não pretende seguir com a figura de um segurança 24 horas após o jogador realizar a mudança.

Por conta de Neymar, o PSG também passou de 12 para 24 o número de seguranças nos treinamentos do clube na região de Saint-Germain. Na visão do clube, o assédio ao local vai aumentar consideravelmente com a presença do brasileiro. Leia mais.

Futebol