PUBLICIDADE
Topo

Fla esclarece veto de departamento médico à contratação de Conca

Conca chegou da China após duas cirurgias no joelho esquerdo e quase não jogou no Fla - Gilvan de Souza/ Flamengo
Conca chegou da China após duas cirurgias no joelho esquerdo e quase não jogou no Fla Imagem: Gilvan de Souza/ Flamengo

Do UOL, no Rio de Janeiro

09/08/2017 14h58

O departamento médico do Flamengo desaconselhou a contratação de Dario Conca. A informação é do jornal Extra e foi revelada na edição desta quarta-feira (9). Horas depois, o clube emitiu nota oficial esclarecendo a situação do argentino, que passou por duas cirurgias no joelho esquerdo.

A informação divulgada pelo jornal foi confirmada posteriormente pela reportagem do UOL Esporte.

Em nota, o Flamengo não negou a informação sobre o veto médico e admitiu que Conca apresentava uma situação diferente. “Em decorrência das duas cirurgias a que foi submetido, os riscos para sua contratação foram apresentados, analisados e assumidos por todas as áreas do departamento de futebol profissional”, disse o Rubro-negro.

Vale ressaltar que Conca chegou ao Flamengo sem custos e só passaria a receber após entrar em campo, o que ocorreu por 15min em dois jogos em junho. Desde então, o argentino passou a receber cerca de R$ 400 mil mensais do Rubro-negro, como previsto em contrato (restante dos vencimentos é pego pelos chineses).

O problema é que Conca não voltou a ser relacionado pelo Flamengo nos últimos dois meses aproximadamente.

“Foi desenvolvido um projeto de recuperação para o meia, com o Flamengo programando etapas para que o atleta atingisse a sua plenitude. É importante destacar que Conca segue trabalhando diariamente conforme o programado pela comissão técnica”, disse o Fla em outro trecho.

Veja a nota do Flamengo na íntegra:

"Sobre as recentes reportagens envolvendo a vinda do atleta Dario Conca, o Clube de Regatas do Flamengo esclarece que, como em todas as contratações, a de Conca foi baseada em diversos critérios, como seu histórico e qualidade técnica.
Em 2016, quando atuava no futebol chinês, o jogador sofreu lesão dos ligamentos do joelho esquerdo. Em decorrência das duas cirurgias a que foi submetido, os riscos para sua contratação foram apresentados, analisados e assumidos por todas as áreas do departamento de futebol profissional.
A partir daí, foi desenvolvido um projeto de recuperação para o meia, com o Flamengo programando etapas para que o atleta atingisse a sua plenitude. É importante destacar que Conca segue trabalhando diariamente conforme o programado pela comissão técnica.
Por fim, o Flamengo reitera que todas as suas decisões, incluindo as do departamento médico do futebol, são baseadas em critérios técnicos."

 

Futebol