PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Três atletas faltam ao treino do Santos. Dois deles por causa da greve

Ricardo Oliveira e Renato ficaram preso no trânsito e foram ausências no treino - Ricardo Nogueira/Folhapress
Ricardo Oliveira e Renato ficaram preso no trânsito e foram ausências no treino Imagem: Ricardo Nogueira/Folhapress

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

28/04/2017 16h24

O técnico Dorival Júnior não pode contar com três jogadores no treino desta sexta-feira, no CT Rei Pelé. O volante Renato, o atacante Ricardo Oliveira e o meia Vecchio. Os dois primeiro foram ausências por causa das manifestações em dia de greve geral.

Ricardo Oliveira mora em um condomínio fechado em Alphaville, em São Paulo, e ficou preso no trânsito. O mesmo ocorreu com o volante Renato. Ele reside em Santos-SP, mas viajou na folga e estava fora da cidade.

A dupla deve compensar o atraso com treino na academia, pois perderam a atividade tática em campo reduzido.

Vecchio, por sua vez, não compareceu devido a um problema de saúde de sua filha. O meia interessa ao Rosário Central e também negocia a sua saída do Santos. O argentino não foi inscrito nas competições que o clube paulista disputa.

O presidente Modesto Roma visitou o CT Rei Pelé nesta sexta-feira e se reuniu com o técnico Dorival Júnior. O Motivo da reunião não foi divulgado pelo clube.

Após vencer o Paysandu por 2 a 0 na última quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o Santos volta a campo diante do Santa Fe, na próxima quinta-feira, no estádio do Pacaembu, em jogo válido pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

Futebol