PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Wenger conta que Suárez quase foi parar no Arsenal: 'estava certo'

Arsenal diz ter oferecido valor da multa para contratar Suárez, mas Liverpool não aceitou acordo - REUTERS/Miguel Vidal
Arsenal diz ter oferecido valor da multa para contratar Suárez, mas Liverpool não aceitou acordo Imagem: REUTERS/Miguel Vidal

Do UOL, em São Paulo

24/03/2017 13h02

O técnico Arsène Wenger revelou que Luis Suárez esteve muito próximo de acerto com o Arsenal no meio de 2013. O atacante já havia concordado com as bases financeiras, mas o Liverpool descartou a transação.

O Arsenal tomou conhecimento de que para contratar Suárez era preciso pagar 40 milhões de libras.

Para “garantir” a compra, os Gunners ofereceram 40 milhões e mais uma libra. Mas a cláusula dos 40 milhões não existia, disse Wenger.

“Ele esteve muito perto [de fechar com o Arsenal]. Nós tínhamos acertado com o jogador. Nós fomos erroneamente avisados sobre uma cláusula [de que a multa valia 40 milhões de libras], com uma mínima cláusula, mas havíamos acertado com ele. Poder perguntar [ao Suárez]”, disse Wenger ao BellN Sports.

Um ano depois, Suárez firmaria contrato com o Barcelona. Wenger lamenta ter tido o uruguaio “nas mãos”, mas sem final feliz.

“Eu estava convencido de que ele queria acertar conosco. Eles mantiveram o Suárez por mais um ano, firmaram novo contrato com a promessa de que venderiam um ano depois”.

Futebol