PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Preterido pelo Grêmio vira artilheiro no Chile e pode ser campeão

Braian Rodríguez comemora gol pelo Everton, do Chile, e pode ser campeão nesta quarta - Divulgação/Everton
Braian Rodríguez comemora gol pelo Everton, do Chile, e pode ser campeão nesta quarta Imagem: Divulgação/Everton

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

13/12/2016 16h50

Quando foi liberado pelo Grêmio ao fim de seu contrato, Braian Rodríguez não deixou saudades. Já poderia ter saído até antes, pois estava fora dos planos desde o ano passado. Mas a ida ao Everton, do Chile, só se confirmou em junho deste ano. E menos de um ano depois, ele foi do ostracismo à artilharia. 

Com 30 anos, o centroavante é o goleador da Copa do Chile com cinco gols em sete partidas. Jogará, na quarta-feira, a final da competição contra o Colo-Colo. Poderá sagrar-se campeão poucos meses depois de deixar o total abandono em Porto Alegre. 
 
Contando com os jogos pelo Apertura Campeonato Chileno, Braian soma 18 partidas e 9 gols. Média de um gol a cada dois jogos vestindo o azul e amarelo do time de Vinha del Mar. Nos últimos compromissos, fez dois na vitória por 3 a 2 e depois mais um na vitória por 1 a 0, ambas sobre o Audax Italiano na semi da Copa. 
 
No Grêmio, Braian foi contratado por indicação de Luiz Felipe Scolari. O treinador pedia um centroavante de área, de imposição física para seu esquema de jogo. Porém, disputou poucas partidas com o técnico no comando. Marcou o único gol vestindo a camisa do Grêmio logo em sua estreia. Pouco depois Felipão deu lugar a Roger Machado e as chances ficaram cada vez mais raras. 
 
No fim de 2015, a direção gremista procurou Braian e o liberou para procurar clube. Com contrato, ele permaneceu ligado ao Grêmio por seis meses sem entrar em campo uma vez sequer. Ocupou seu tempo com carros e o visual 'pop-star' na capital gaúcha. Em seguida foi para o Everton e recuperou o bom futebol mostrado no Huachipato, também do Chile, que o fez ir para o futebol espanhol e depois ao Tricolor. 
 
Clubes maiores do país como Universidad Católica e Universidad de Chile já cogitam investir no atleta, segundo a imprensa de lá. Tudo após a recuperação da carreira longe de Porto Alegre. 
 

Futebol