PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Neymar tem 2º pior aproveitamento entre batedores de pênaltis da Europa

Neymar perdeu pênalti contra o City na Liga dos Campeões; aproveitamento é de 60% - John Sibley/Reuters
Neymar perdeu pênalti contra o City na Liga dos Campeões; aproveitamento é de 60% Imagem: John Sibley/Reuters

Do UOL, em São Paulo

20/10/2016 18h13

Neymar anotou um belo gol na vitória do Barcelona por 4 a 0 sobre o Manchester City, na quarta-feira (19), pela terceira rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, mas poderia ter saído com um “doblete” caso não tivesse desperdiçado uma cobrança de pênalti minutos antes de balançar as redes no Camp Nou.

O erro diante do goleiro argentino Caballero, no entanto, somente ratificou uma deficiência de Neymar desde que ele chegou à Europa. Ele tem o segundo pior aproveitamento da marca da cal entre os principais batedores, com pelo menos 15 cobranças, das cinco grandes ligas europeia – inglesa, espanhola, alemã, italiana e francesa.

De acordo com levantamento do jornal Marca, de Madri, divulgado nesta quinta (20), Neymar acertou 60% dos pênaltis que bateu pelo Barcelona, com nove gols em 15 tentativas. O número deixa o brasileiro à frente apenas de Hamsik, do Napoli, que converteu 7 de 16 (43%).

Higuaín (Juventus), Diego Costa (Chelsea) e Cavani (PSG), por exemplo, tem aproveitamento na casa dos 76% - um por cento a menos que Lionel Messi. Rooney (Manchester United), Müller (Bayern de Munique) e Agüero (Manchester City) vêm à frente com aproveitamento em torno dos 80%.

Entre os melhores cobradores de pênalti das principais ligas europeias, estão Robben, que converteu 13 tentativas de 15 (86%); Cristiano Ronaldo, com 69 tentos em 79 cobranças (87%); e Totti, que anotou 35 gols em 40 cobranças (87%).

Ibrahimovic lidera o quesito entre os jogadores em atividade com 88% de aproveitamento nos pênaltis – 46 gols em 52 cobranças. Vale lembrar que Lewandowski tem aproveitamento 92%, mas não entrou na lista por ter batido apenas 13 pênaltis, tendo convertido em 12 oportunidades.

Também por não terem batidos pelo menos 15 cobranças, critério estabelecido pelo jornal Marca para consolidar o levantamento, Suárez e Griezmann, com péssimos números, aliás, não tiveram seus aproveitamentos considerados na lista final. 

Futebol