PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Um mês após perder Sadia, CBF amplia patrocínio com a Chevrolet

Coordenador Gilmar Rinaldi e técnico Dunga mostram nova camisa de treino - Rafael Ribeiro/CBF
Coordenador Gilmar Rinaldi e técnico Dunga mostram nova camisa de treino Imagem: Rafael Ribeiro/CBF

Do UOL, em São Paulo

29/02/2016 19h21

Exatamente um mês depois de perder o patrocínio da Sadia, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta segunda-feira que ampliou sua parceria com a Chevrolet. A montadora agora estampará sua marca nas costas da camisa de treino da seleção - antes, ocupava o calção.

Ao site da CBF, o diretor de marketing da entidade, Gilberto Ratto, disse que "desde o primeiro contato a Chevrolet já tinha o desejo de estar na camisa", e que as negociações começaram assim que foi aberta a oportunidade com a saída da Sadia.

A confederação também informou que o contrato com a Chevrolet, do grupo General Motors, vale pelos próximos dois anos. O novo patrocinador já terá sua marca na camisa de treino da seleção nos próximos jogos das Eliminatórias, contra Uruguai e Paraguai, em 25 e 29 de março.

Dunga e Douglas Costa em treino da seleção - Leo Correa/MowaPress - Leo Correa/MowaPress
Sadia estampava as costas da camisa de treino, que agora será espaço da Chevrolet
Imagem: Leo Correa/MowaPress

Futebol