PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Saída emperrada: Atlético-MG e Corinthians evitam contato por André nos EUA

Atlético-MG tem seis meses de contrato com André, que será do Corinthians no próximo semestre - Alexandre C Mota
Atlético-MG tem seis meses de contrato com André, que será do Corinthians no próximo semestre Imagem: Alexandre C Mota

Dassler Marques

Do UOL, em Boca Raton (EUA)

17/01/2016 16h53

Atlético-MG e Corinthians se enfrentam neste domingo, em Boca Raton, em meio a uma disputa pelo centroavante André. Mas, embora o destino do jogador envolva diretamente os dois clubes, ambos evitam abrir qualquer tipo de tratativa durante a viagem aos Estados Unidos.

Até o momento, todos os contatos realizados pela liberação de André foram feitos diretamente pelo estafe do atacante com a direção atleticana. Nenhuma oferta em valores, entretanto, foi feita para que o Atlético abra mão dos seis meses de contrato que ainda possui com André.

A postura do atacante em 2016 faz o Atlético emperrar qualquer tipo de tratativa. O presidente Daniel Nepomuceno e o diretor executivo Eduardo Maluf tinham um valor estabelecido para ceder o jogador ao Corinthians, mas recuaram. André atrasou a reapresentação e, recentemente, revoltou torcedores do clube por uma postagem no Instagram - o escudo atleticano foi apagado em uma montagem.

O Corinthians precisa de um centroavante e tem pré-contrato acordado com André, mas evita se envolver nas negociações até aqui. Mesmo próximas no FAU Stadium, em Boca Raton neste domingo, as diretorias não conversam. Na avaliação da cúpula corintiana, a tratativa deve ocorrer entre o jogador , seu estafe e o Atlético.

André permaneceu no Brasil e está fora dos planos do treinador Diego Aguirre. A direção atleticana assume o prejuízo de aproximadamente R$ 1,5 milhão em salários até o fim do vínculo, mas bate o pé: não cede o centroavante ao Corinthians gratuitamente.

Futebol