PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Venda de Rodrigo Caio ao Valencia é cancelada por problemas no contrato

Reinaldo Canato/UOL
Imagem: Reinaldo Canato/UOL

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

29/06/2015 14h18

A venda de Rodrigo Caio para o Valencia está cancelada. Após problemas no contrato do jogador com o clube espanhol, o negócio foi vetado. Com isso, o Atlético de Madri voltou a mostrar interesse pelo atleta, que viajará à capital da Espanha ainda nesta segunda-feira.

O volante, segundo uma fonte ligada ao São Paulo, foi aprovado em dois exames médicos realizados em Valência, na última sexta, e em Barcelona, neste domingo. A imprensa espanhola, porém, diz que problemas físicos fizeram o Valencia abrir mão do negócio.

Detalhes no contrato, de acordo com o clube, foram determinantes para que a venda fosse desfeita. "O Valencia Club de Fútbol decidiu não prosseguir com a contratação do jogador Rodrigo Caio. A decisão foi tomada depois de diferentes problemas na operação", disse em nota.

Após a viagem do atleta à Espanha, na última semana, o Valencia quis mudar alguns pontos da negociação. O São Paulo, neste domingo, admitiu que a negociação poderia sofrer uma reviravolta. "O que acontece é que existe uma discussão com o que foi prometido para ele. Foi falar com os seus empresários para ver se resolve. Clinicamente ele está recuperado. Combinamos que além do medico do Valencia ele faria também com dois especialistas na Europa", disse o vice-presidente de futebol Ataíde Gil Guerreiro.

Rodrigo Caio teria ficado descontente com algumas cláusulas do contrato, ligadas ao tempo do vínculo e ao salário. A falta de acordo fez, então, o clube espanhol desistir da compra.

Após o novo interesse do Atlético de Madri, o Valencia chegou a reavaliar a transerência, mas novamente não chegou a um acordo com o São Paulo e os agentes do atleta. Dessa forma Rodrigo Caio ficou mais próximo do Atlético, que demostra interesse por ele há tempos. 

A venda de Rodrigo Caio ao Valencia foi anunciada pelo São Paulo no último dia 12. O jogador chegou a dar uma coletiva na despedida. O time espanhol aceitou pagar 12,5 milhões de euros (R$ 43,7 milhões) pelo zagueiro, mesmo valor do Atlético de Madri.

O bônus oferecido pelo Valencia, no entanto, foi maior. O clube iria desembolsar até 4 milhões de euros nos próximos anos, contra 2,5 milhões de euros do Atlético. O repasse seria feito caso Rodrigo cumprisse metas nas equipes. 

A transferência é tratada pelo São Paulo como a solução para os problemas financeiros. O clube é dono de 90% dos direitos econômicos do atleta. No próximo dia 10, alguns jogadores completarão quatro meses sem receber pagamentos referentes aos direitos de imagem.

Futebol