PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cruzeiro adota medidas para reduzir índice de lesões em meia. Veja a lista

Alisson se recupera de lesão muscular na coxa esquerda. Meia tem tratamento especial dos médicos - Washington Alves/Light Press
Alisson se recupera de lesão muscular na coxa esquerda. Meia tem tratamento especial dos médicos Imagem: Washington Alves/Light Press

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

01/05/2015 06h00

Reduzir o índice de lesões de Alisson tornou-se uma questão importante na Toca da Raposa II. A reincidência de contusões do meia-atacante tem preocupado comissão técnica e departamento médico, que realizam uma série de trabalhos para que ele se mantenha por mais tempo em campo. Após ficar quase cinco meses sem atuar, ele retornou aos gramados e, agora, é submetido a um novo tratamento por conta de outro problema muscular.

Desde que se tornou um dos prediletos de Marcelo Oliveira, em junho do ano passado, o apoiador enfrentou quatro lesões, sendo três musculares. A mais recente evidencia um diagnóstico do médico Sérgio Freire Júnior.

“Por ser um atleta de um porte físico de muito músculo, mais patola que a gente fala, mais musculoso, mas de muita velocidade, de muita intensidade, ele se expõe mais a esse tipo de situação. Ele tem um maior risco de lesão. Ele não tem nenhum tipo de fraqueza ou fragilidade que seja incorrigível. É o biótipo do atleta e o estilo de jogo que ele faz”, afirmou ao UOL Esporte, em no início do mês passado.

Diante dos problemas enfrentados pelo jogador, o departamento médico do Cruzeiro adota uma série de medidas para que o desgaste do atleta seja reduzido e ele possa estar em campo por um período maior, inclusive no jogo contra o São Paulo, na quarta-feira, pelas oitavas de final da Libertadores.

1) Exames médicos
As avaliações as quais Alisson é submetido não são diárias e têm constância ligeiramente superior a de outros atletas do elenco. Os problemas musculares fazem também com que os resultados de seus exames sejam analisados de forma ainda mais cuidadosa.

2) Trabalhos específicos
Os responsáveis pela preparação física do Cruzeiro têm bastante cuidado com os trabalhos realizados por Alisson. O meia-atacante é submetido a atividades específicas para que ele não volte a ter lesões musculares com mais facilidade. A ideia é fortalecer os músculos do jogador, sobretudo os das pernas, parte do corpo na qual ele se queixou de dor em algumas oportunidades.

3) Redução da intensidade de jogo
Alisson foi recomendado, tanto pelo departamento médico quanto pela comissão técnica, a reduzir a intensidade de seu padrão de jogo em campo. Por conta do biótipo, o meia-atacante tem que evitar as corridas em diagonal dentro do gramado e precisa ‘pensar’ mais o jogo. A própria esposa do apoiador tem contribuído neste quesito ao pedir mais calma, conforme revelado por ele recentemente.

Futebol