PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Muricy é internado com diverticulite e desfalca São Paulo em viagem

Guilherme Palenzuela e Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

22/01/2015 15h32

Muricy Ramalho foi internado no início de tarde desta quinta-feira (22) com diverticulite. O treinador não viajará com o São Paulo para Manaus, onde o time disputa um torneio amistoso com Flamengo e Vasco. Em seu lugar, o time São Paulo terá o comando de Milton Cruz. 

"Estou bem, mas tenho que ficar internado por dois dias para cuidar da diverticulite", afirmou o treinador, em troca de mensagens com a reportagem. 

Segundo a assessoria de imprensa do São Paulo, o treinador sentiu dores na noite de quarta-feira, realizou exames na manhã desta quinta-feira e foi internado. O clube também informa que Muricy ficará ao menos dois dias internado no Hospital São Luiz, na zona sul de São Paulo. Depois disso, ainda ficará um período em repouso e observação dos médicos. O treinador já conversou com outros membros da comissão técnica e funcionários do clube na tarde desta quinta, e tranquilizou a todos. 

Essa é a segunda vez que o comandante tricolor sofre com esse problema. Em 2013, quando ele trabalhava no Santos, o mesmo problema o afastou dos trabalhos por três dias.

Diverticulite é uma inflamação no intestino grosso. Ele vinha reclamando de dores na região desde o início da semana.  Na época da primeira crise, ele cogitou abreviar a carreira por causa do problema.

“Com certeza vou ter de abreviar minha carreira. Fiquei muito abatido, porque o que tive foi um pouco sério, eu fiquei quase um dia e meio sem alimentação e água. Foi terrível. Esse momento faz repensar, e vou ter de abreviar. É muito desgastante. Tenho muito tempo pra viver, quero ficar mais com a minha esposa, meus filhos, tive medo, não de me deixar trabalhar, porque sou batalhador, não desisto nunca”, desabafou à época.

Recentemente, em setembro de 2014, Muricy teve arritmia cardíaca e também desfalcou o São Paulo.  Por causa disso, inclusive, o comandante mudou a sua rotina, evitando o estresse e até cortando o café. 

Mesmo sem a presença do treinador, o elenco do São Paulo realizou um rachão nesta quinta-feira, no CT da Barra Funda. A atividade foi observada pelo auxiliar Tata, pelo coordenador e interino Milton Cruz e por outros membros da comissão técnica. 

Às 16h37 desta quinta-feira, o Hospital São Luiz divulgou o primeiro boletim médico sobre o paciente, assinado por André Luiz Negrão Albanez, da Diretoria Médica: "O Hospital São Luiz Morumbi informa que o técnico do São Paulo Futebol Clube, Muricy Ramalho, deu entrada hoje no hospital com dor abdominal, apresentando quadro de diverticulite aguda. O paciente foi internado para tratamento clínico e passa bem", disse o comunicado. 

Futebol