PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Alvaro já tem proposta do Palmeiras e ouviu do SP que não fica

Danilo Lavieri, Guilherme Palenzuela e Thales Calipo

Do UOL, em São Paulo

18/12/2014 06h00

O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, revelou publicamente nesta quarta-feira o que ainda era segredo: a possibilidade do lateral esquerdo uruguaio Alvaro Pereira trocar o clube do Morumbi pelo rival Palmeiras. Agora, a situação aparece como algo mais avançado. Segundo apurou o UOL Esporte, o jogador já foi informado pelo São Paulo que não ficará após o término de seu contrato, em junho de 2015, e também já recebeu uma proposta para se transferir agora para o Palmeiras.

Alvaro Pereira está incomodado com a diretoria do São Paulo. Emprestado pela Inter de Milão (ITA) até o meio de 2015, o uruguaio procurou os dirigentes tricolores e pediu que costurassem um acordo para que ele permaneça no clube no segundo semestre. A grande preocupação do lateral é que, caso o São Paulo chegue à final da Copa Libertadores, ele não poderá jogar – pois já não terá mais contrato. A resposta da diretoria, no entanto, foi a mais negativa possível. Alvaro ouviu que não terá o empréstimo renovado e também não será comprado.

A situação fez com que o uruguaio se abrisse ao mercado. Na terça-feira, em entrevista à rádio argentina “América”, ele afirmou que “não fecha as portas para ninguém”. Não mentiu. Procura um clube no qual tenha a certeza de poder atuar com regularidade e com o respaldo da diretoria – algo que já não tem mais no São Paulo. Para piorar a situação, agora concorre por posição com Carlinhos, ex-Fluminense, contratado após o fim do Brasileirão. A possibilidade de perder a vaga no time titular, no entanto, incomoda menos o uruguaio do que a resposta negativa dada pela diretoria, segundo quem convive com o atleta.

O Palmeiras, enquanto isso, agiu. Tomou conhecimento da insatisfação do lateral e viu a possibilidade de assumir o empréstimo vigente com o São Paulo, por mais seis meses. A diretoria do rival são-paulino já negociou com a Inter de Milão, que detém os direitos econômicos do jogador, e garantiu a possibilidade. O próprio Alvaro Pereira também já ouviu a oferta palmeirense.

Em entrevista coletiva no Morumbi, na quinta-feira, Carlos Miguel Aidar afirmou que o São Paulo “não vai dificultar” a saída de Alvaro e afirmou: "Alguém me disse que o Palmeiras está atrás dele para se vingar do São Paulo. Se quiser levar, tudo bem. Não há jogador inegociável. E tem interesse de outros sul-americanos também.

Agora, após a exposição do caso publicamente, é improvável que Alvaro Pereira fique no São Paulo para a disputa da Libertadores. Se não sair para o Palmeiras, o uruguaio deverá ter o empréstimo repassado a outro clube da América do Sul. 

Futebol