PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Valdivia retorna ao Palmeiras sem saber se permanece no clube

Do UOL, em São Paulo

03/07/2014 10h53

Jorge Valdivia se reapresentou ao Palmeiras nesta quinta-feira de manhã após longo período com a seleção do Chile na Copa do Mundo. O meia participou de exercícios físicos sem bola no campo com os demais jogadores. A atividade aconteceu na Academia de Futebol, sem a presença da imprensa. Vinculado ao time paulista até agosto de 2015, Valdivia acionou seu agente Wagner Ribeiro, que avalia interesses de clubes europeus.

Aos 30 anos, Valdivia tem um dos salários mais altos no Palmeiras. O presidente do clube, Paulo Nobre, destaca que não há jogador inegociável.

Em junho, o jogador chegou a manifestar interesse em atuar no Olympique de Marselha, da França. A escolha pelo time se dá por um motivo: Marcelo Bielsa, treinador com quem trabalhou na seleção chilena e que acabou de assinar contrato com o clube francês.

"Espero que ele me leve", disse o palmeirense ao canal de TV chileno "TVN".

Na entrevista, Valdívia ainda revelou que sua esposa já manifesta a vontade de sair do Brasil. O casal sofreu sequestro relâmpago em São Paulo, em 2012.

"Aqui em São Paulo vou viver um tempo mais, apesar de a Dani (sua esposa) não querer. Ela sente que cumprimos um ciclo aqui e temos que buscar outro lado", declarou.

Após começo promissor no Mundial, Valdivia perdeu espaço no Chile e terminou a competição na reserva.

Ele foi titular em uma partida da Copa, contra a Austrália, jogo em que marcou um dos 3 gols do time chileno na vitória por 3 a 1. Na eliminação frente ao Brasil, Valdivia não atuou.

TREINO NORMAL

Mendieta, Eguren e Leandro participaram da movimentação em período integral depois de serem poupados dos jogos-treinos da última quarta-feira. O mesmo aconteceu com o zagueiro argentino Fernando Tobio.

Victorino, Juninho e Fernando Prass realizaram tratamento. O goleiro, inclusive, chegou a correr no gramado já mostrando evolução após a operação no braço direito. 

Futebol